Zanetti e a prata no Rio:
?Comemorei mais do que (o ouro) em Londres?

Ginasta é o quinto na história do país foi a alcançar dois pódios

Apenas o quinto atleta brasileiro na história a subir a dois pódios olímpicos
em provas individuais, ao lado de Adhemar
Ferreira da Silva, do salto triplo, do velocista Joaquim Cruz, do judoca Aurélio
Miguel, do nadador Cesar Cielo e do velejador Robert Scheidt,
Arthur Zanetti é só felicidade. Campeão
nas argolas em Londres, em 2012, o ginasta conquistou a prata na segunda-feira,
ficando atrás, apenas do grego Eleftherios Petrounias, atual campeão mundial.

? É maravilhoso competir uma Olimpíada em casa, ainda mais com um resultado
excelente. Não estou triste nem um pouco. Alguns dizem que eu perdi o ouro. Mas
conquistei a prata. Foi uma conquista muito dura. Só quem estava perto de mim
viu o quanto foi difícil. Comemorei mais do que em Londres, por estar em casa,
com minha família, meus amigos, com a torcida brasileira ao meu lado. Pra mim
foi bem mais gratificante ? comemorou o ginasta, em entrevista coletiva nesta
terça, na Casa Brasil, num shopping na Barra da Tijuca.

Zanetti iniciou a coletiva falando
de como foi a noite anterior à conquista do novo pódio:

? Foi maravilhosa, conseguir dormir, repousar muito bem. Simplesmente
esqueci, esvaziei minha mente, só pensei em descansar. Acordei muito bem,
tranquilo e preparado ? revelou.

A prata de Zanetti foi a terceira medalha da
ginástica artística na Rio-2016. No domingo, Diego Hypolito levou a prata no solo, enquanto Arthur
Nory ficou com o bronze.