Setor avícola se reúne em Cascavel em setembro

Especialistas de todo o País que atuam na avicultura se reúnem em Cascavel em setembro

Vendas batendo recordes no País e no exterior. Abertura de novos mercados internacionais com imenso potencial de consumo. Boa remuneração em toda a cadeia produtiva. É nesse cenário em que o Brasil aparece como o maior exportador e o segundo maior produtor mundial (atrás apenas dos Estados Unidos) de carne de frango, que vai se realizar a 13ª edição do Encontro Mercolab de Avicultura. Desta vez, com sede em Cascavel. O encontro está marcado para setembro.

O evento tem por objetivo debater em profundidade as questões que dizem respeito à sanidade avícola no Brasil e no mundo, atualizando a cadeia produtiva com a divulgação de resultados de pesquisas e novos conhecimentos, que irá contribuir para otimizar custos e melhorar a produção, além de abordar os aspectos econômicos da atividade e as perspectivas futuras do negócio.

Diretor gera- da empresa e coordenador do encontro, o médico-veterinário Alberto Back assinala que “o encontro tem caminhado com a avicultura brasileira, que ocupa posição de liderança no mercado mundial, fruto da determinação, competência e dinamismo de seus empresários e técnicos”.

Seu foco principal é a prevenção de doenças avícolas que tem o potencial de impor severas restrições sanitárias e provocar prejuízos incalculáveis para os países produtores.

Palestrantes e temas

Estabelecida com base em sugestões vindas de técnicos que atuam no setor nas mais diversas regiões do País, a programação do encontro será no Centro de Convenções e Eventos de Cascavel, das 8h30 às 18h do dia 24 de setembro de 2019.

Tendo a coordenação dos debates a cargo do médico-veterinário Paulo Cesar Martins, estão confirmadas as apresentações dos seguintes palestrantes e seus respectivos temas: Evaristo E. de Miranda (Embrapa Territorial – SP), “Uso territorial no Brasil”; Michael Czarick (PhD, Universidade da Georgia, USA), “Ambiência”; Luiz Felipe Caron (PhD, Universidade Federal do Paraná), “Salmonella”; Sergio Vieira (PhD, Universidade Federal do Rio Grande do Sul), “Nutrição”; Paulo Lourenço (PhD, Universidade Federal de Minas Gerais/Uberlândia), “Salmonela”; e Guilherme Castro (Médico Veterinário, Ribeirão Preto, SP), “Qualidade intestinal”.

As inscrições serão abertas a partir de 1º de julho. Mais informações podem ser obtidas nos telefones (45) 3218-0040 e (45) 99933-4431.

 



Fale com a Redação

nove + sete =