Santa Tereza do Oeste renova com a Sanepar por mais 30 anos

Santa Amélia, Arapoti, Santa Tereza do Oeste, Floresta e Cianorte assinaram a renovação dos contratos com a companhia, em solenidade com a governadora Cida Borghetti

Unimed

A Sanepar renovou nesta sexta-feira (29) o contrato de concessão dos serviços de abastecimento de água e de esgoto sanitário com os municípios de Santa Amélia (Norte Pioneiro), Arapoti (Campos Gerais), Santa Tereza do Oeste (Oeste), Floresta (Norte) e Cianorte (Noroeste). Os contratos são para os próximos 30 anos.

“A medida é importante para os moradores dessas cidades, que terão a garantia de serviço de saneamento de qualidade pelas próximas três décadas. Isso impacta diretamente na saúde da população”, afirmou a governadora Cida Borghetti, no ato de assinatura da renovação do contrato, no Palácio Iguaçu.

A renovação prevê obras de ampliação ou remodelação dos sistemas públicos de abastecimento de água, conforme o Plano de Saneamento Básico de cada município. De acordo com o presidente da Sanepar, Sergio Veronese, isso representa um avanço para a Sanepar. “A empresa hoje presta serviços em 346 municípios no Paraná. Renovamos mais esses contratos, que se refletirão na qualidade de vida das pessoas”, disse ele.

AUDIÊNCIAS

Segundo Veronese, os contratos foram apresentados em audiências públicas e passaram por aprovação nas Câmaras de Vereadores. O contrato estabelece repasse mensal de um percentual do faturamento da Sanepar no município para o Fundo Municipal de Saneamento Básico e Ambiental. Os recursos serão geridos por um conselho municipal. As prefeituras terão desconto de 50% no valor da conta de água dos prédios públicos.

MAIS SAÚDE

Os prefeitos também ressaltaram o reflexo do investimento em saneamento sobre a saúde e bem-estar da população. Segundo a prefeita de Arapoti, Nerilda Aparecida Pena, o índice de coleta e tratamento de esgoto no município é de cerca de 62% e a previsão é chegar a 80% em 2025. “A ampliação representa mais qualidade de vida para as pessoas”, afirmou.

O prefeito de Cianorte, Claudemir Bongiorno, disse que hoje cerca de 58% da população da cidade tem tratamento de esgoto, a previsão é que esse número chegue a 80% nos próximos anos. Ele explicou que está prevista a mudança na captação da água de um rio que para outro. Hoje a captação é feita no rio Corujinha, que não tem mais potencial para abastecer a população. Com a mudança, a captação passará a ser feita no rio Ligeiro. “O investimento, de mais de R$ 43 milhões, inclui obras para ampliar o tratamento de esgoto“, informou. A previsão é chegar a cerca de 80% até 2020.

Com a renovação do contrato, a previsão é de que até 2021 o município de Floresta chegue a 50% de coleta e tratamento de esgoto, segundo o prefeito Ademir Luiz Maciel. Já em Santa Tereza do Oeste, explicou o prefeito Elio Marconiak, cerca de 70% da população deve contar com esgoto sanitário até 2020. Em Santa Amélia a Sanepar prevê 30% de saneamento até 2020 e de 95% em 2025, disse o prefeito Jarbas Carnelossi.

PRESENÇAS

Participaram da reunião diretor comercial da Sanepar, Mario Celso; o diretor de Operações da Sanepar, Paulo Dedavi; o diretor jurídico da Sanepar, Eduardo Tesseroli, e o diretor de Relações com Investidores, Jaques Schinemann.

Assembleia

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação