O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) publicou nesta segunda-feira (19) no Diário Oficial do Estado as notas técnicas dos concorrentes à elaboração do projeto de engenharia para pavimentação da PR-180, entre Cascavel e o distrito Central Santa Cruz, no município de Cafelândia. Este trecho da rodovia na Região Oeste tem 34 quilômetros de extensão.

Nesta etapa, a comissão de julgamento do DER-PR avaliou: diagnóstico, metodologia e plano de trabalho; experiência técnica da empresa; e capacitação da equipe técnica. A empresa Única teve a maior nota técnica (98,00), seguida da Esteio (93,00), Unidec (88,00) e Engefoto (87,00).

Das oito participantes, quatro foram desclassificadas por não atenderem a itens do edital. A Lei de Licitações (8.666/93) prevê cinco dias úteis para eventual recurso administrativo. Caso haja contestação, há prazo de mais cinco dias para apresentação das contrarrazões.

PREÇOS 

Se não houver recursos, as propostas de preços serão abertas em 28 de novembro, às 9h, na Superintendência Regional Oeste do DER-PR, localizada na PR-486, km 1, em Cascavel. O preço máximo é de R$ 2,1 milhões, porém a licitação terá como vencedor o licitante que obtiver a melhor nota final, onde a nota técnica tem peso de 70% e a de preço corresponde a 30%.

LOTES 

Com prazo de 365 dias para execução, o projeto será dividido em três lotes: 24 quilômetros de implantação de pavimento, 5 quilômetros de restauração e urbanização do perímetro urbano de Cascavel, além da implantação de 5 quilômetros de uma nova rodovia que ligará a PR-180 à PR-486.

Conforme previsto no edital, a empresa vencedora vai definir quais melhorias deverão ser executadas, contribuindo com a segurança dos usuários e moradores locais e com o desenvolvimento econômico e social da região.