Cascavel – Os ônibus extras já estão circulando e o movimento promete ser frenético já a partir deste fim de semana nos principais terminais rodoviários da região neste período que antecede as festas de fim de ano, Natal e Ano-Novo, além das tradicionais férias escolares.

Gerente de vendas de passagens de uma empresa que faz o transporte interestadual, Eder Medeiros conta que foram colocados cerca de 20 carros extras para operar a partir deste fim de semana. A venda de passagens está um pouco mais aquecida do que no mesmo período do ano passado, em torno de 10%, e os principais destinos de quem deixa o oeste são as praias de Santa Catarina, algumas regiões do Rio Grande do Sul e a capital Curitiba.

Em Cascavel, os números não foram informados pela administração do terminal rodoviário, mas se considerado o movimento do mesmo período de 2017, deverão passar pela rodoviária em torno de 9 mil pessoas por dia. Isso significa que nos próximos 30 dias o vaivém de quem parte ou chega pode resultar em cerca de 270 mil viajantes. Em dias comuns de movimento, passam pelo terminal pouco menos de 7 mil pessoas, ou seja, incremento de 30% de passageiros.

Em Foz do Iguaçu, o terminal rodoviário internacional, que costuma ter acréscimo no movimento de 20% nos meses de dezembro e janeiro se comparado a outros períodos do ano, deverá registrar algo próximo de 100 mil passageiros partindo e chegando agora até o fim de janeiro.

Em cima da hora

Em Toledo, segundo o administrador do terminal rodoviário, Ubaldo Rech, o movimento ainda está acanhado, mas ele adianta que tudo pode mudar em poucos dias. “Às vezes não tem gente comprando as passagens ainda, mas aí de uma hora para outra isso muda e o movimento se intensifica. Nem sempre quem viaja de ônibus se programa com muita antecedência. Esta semana que antecede o Natal vai nos revelar isso”.

Por lá, alguns carros extras também já estão rodando e, se o movimento for similar ao de dezembro de 2017 e janeiro deste ano, deverá haver algo em torno de 70 mil embarques. A administração do terminal não registra os desembarques no Município.

Desta forma, considerando as três maiores cidades do oeste que concentram 55% da população regional, devem passar pelos três terminais, neste e no próximo mês, cerca de 450 mil pessoas. O movimento mais intenso esperado é para o próximo fim de semana e na segunda-feira (24), véspera de Natal.