Você sabe o que a prosperidade tem a ver com a gratidão?

O todo responde ao que sentimos. Quando sentimos gratidão autêntica, vibramos na prosperidade. Quando agradecemos, é porque temos algo. E, se temos, nos sentimos nutridos, satisfeitos.

E como fazer para permanecer num estado de satisfação mesmo desejando ter mais?

Todos nós temos sonhos. E, se estamos satisfeitos, como vamos conseguir o que queremos?

Estar satisfeito e grato não significa estacionar.

Quando tenho dúvidas sobre ter mais, vibro no medo. Tenho medo de permanecer na satisfação porque o universo vai compreender que já tenho o suficiente. Não! O universo não interpreta nem mensura dessa maneira. O universo nos dá mais daquilo que oferecemos.

 

Por exemplo:

Sinto satisfação – vou receber mais oportunidades para continuar satisfeita.

Sinto gratidão – vou receber mais oportunidades para continuar grata.

Sinto alegria – vou receber mais oportunidades para sentir mais alegria.

Assim funciona!

Aquilo que expresso – tenho mais.

Aquilo que expresso, informo pelos sentimentos, pelas palavras, pelos pensamentos…

Muitas vezes, ficamos presos ao intelecto e imaginamos que o universo é limitado, que só responde ao que queremos que ele entenda. Porém, não temos como controlar. Ele (o universo) escaneia todos os nossos canais. E responde.

As imagens internas que temos e que muitas vezes não sabemos que temos constroem nossa realidade.

 

Uma boa maneira de impactar o universo é realmente informar o que queremos vivenciar.

 

Vamos lá! Para a prática!!

 

O que você quer:

SER

TER

FAZER

Se você ainda não sabe, pare agora e pense. E escreva o que seria formidável para a sua vida.

 

CONSIDERE:

Vida pessoal: O que quer em relação a você?

*Corpo – como é o seu corpo? Sua saúde? Está satisfeito? Como é sua alimentação? Seu sono? Como se sente quando o assunto é o seu corpo? Você se sente amando seu corpo como é? Isso é importante!!

*Mente – como está seu autodesenvolvimento? Sua saúde intelectual? A que você tem assistido? Que curso tem feito? O que quer fazer? Está satisfeito? (Perceba-se: como realmente se sente, o que pensa quando olha para seu intelecto? O que realmente você sente? Você se sente bem? Limitado? Se sente privilegiado? Como se sente?)

*Relacionamentos – como está seu relacionamento? Tem um parceiro(a)? Um romance? Quer ter? O que pode melhorar? O que querem fazer juntos? Quais os planos para os próximos seis meses? Está do tipo: “Deixa a vida me levar”? (Perceba: o que você sente/pensa quando o assunto é relacionamentos?)

*Trabalho/carreira – o que você faz te alegra? Seu trabalho te satisfaz? O que pode melhorar? O que pode te deixar mais feliz? (Perceba como você se sente quando falamos de trabalho, de carreira… de sucesso… o que vem junto? Quais sentimentos ou imagens internas acompanham esse assunto?)

*Dinheiro/finanças – o que você experimenta com o dinheiro que recebe? Como você desfruta do dinheiro? Você se sente feliz? O que você recebe é satisfatório? O que pode melhorar? Você tem uma vida proporcional ao seu ganho financeiro? O que precisa mudar para ficar ótimo? (Perceba como você se sente quando falamos de dinheiro, quando falamos de receber, de ter, de desfrutar)

*Atitude – que atitudes você tem tomado que te aproximam da vida que você quer? O que tem funcionado? Como sua rotina te apoia naquilo que você definiu como metas de 2020? O que precisa melhorar ou mudar? O que te impede?

 

Esses são alguns pontos importantes que precisam ser vistos e avaliados. Você precisa mesurar como está a sua vida e aonde você quer chegar.

Vamos? Se tiver dúvidas ou dificuldades, entre em contato, que eu posso te ajudar!!!

 

Graciele Reimann Gatto