“Eu amei  minha escola. Tem parquinho novo, salas bonitas e uma quadra de basquete novinha e eu mal posso esperar para ver todas estas salas bonitas.” As palavras empolgadas são do aluno Davi do Carmo, que estuda na Escola Municipal Maxiliano Colombo, no Jardim Brasília I.

 

A escola foi toda reformada e revitalizada. Foram investidos R$ 2.302.913,90. “Muito mais que o investimento financeiro, estamos investindo no futuro das nossas crianças. Elas são nosso futuro, mas precisamos agir agora para dar esta garantia começando já na primeira infância”, disse o prefeito Leonaldo Paranhos .

 

“Estamos investindo na Escola Feliz e assim oferecendo às crianças  um espaço colorido, adequado para suas necessidade. O nosso grande desafio é fazer com que as crianças queiram ficar na escola. Por isso oferecemos o ensino da  robótica, e o  tempo integral faz com que elas queiram ficar aqui. Nós reformamos 78 escolas, construímos 10 novas unidades. A  educação sempre será prioridade e faremos mais investimento. Dois super CMEIS em pontos vulneráveis serão construídos para atender  às nossas crianças”, completou Paranhos.

 

A Escola

A Escola Municipal Maximiliano Colombo foi inaugurada em 1º de setembro de 1994, mas já se encontrava em funcionamento desde o dia 25 de agosto do mesmo ano, atendendo a 148 alunos. Recebeu o nome de Maximiliano Colombo em homenagem ao pioneiro do bairro.

Atualmente a escola atende alunos da educação infantil IV e V, 1º ao 5°ano do ensino fundamental, na faixa etária de 4 a 12 anos, totalizando 208 alunos.

 

“Esta obra faz parte  do programa Escola Feliz e que agora atenderá alunos cem por cento em tempo integral do ensino fundamental até o 5º ano. Outras três escolas também oferecem o ensino em tempo integral, Ademir Correia, Escola da Transparência e Luiz Carlos Ruaro. Esta proposta será ampliada com o anúncio da Escola Transparência 2, cujo projeto esta  em fase de finalização para iniciar construção em 2022”, revelou a secretária , Márcia Baldini.

 

O que foi feito

A obra que foi entregue hoje contemplou a melhoria da rede elétrica, acessibilidade, readequação da área de serviço e cozinha, adaptação do saguão coberto, substituição das coberturas e demais  adequações pertinentes para melhoria do complexo de edificações.

 

Desta forma, ocorreu a substituição do padrão de energia, instalação de luminárias com proteção, iluminação de emergência, instalação de novos pontos de energia, tomadas para ar condicionado nos ambientes, instalação de refletores externos e de novos quadros de distribuição de energia.

Foram trocadas as esquadrias (portas e janelas), revestimentos de pisos e paredes, instalação de pastilhas cerâmicas nas circulações e áreas externas, repintura geral, readequação do espaço para funcionamento de laboratórios, instalação de novos aparelhos sanitários, nova rede de alimentação de água fria e sanitária, bancada em granito com cubas em louça e torneiras automáticas.

 

Por fim, foi adequada a rede pluvial e sanitária, com aterramento de antigas fossas e construção de caixa de gordura compatível com as necessidades da unidade, com a destinação adequada dos efluentes sanitários.  “ Este é um sonho realizado. O valor deste momento é inexplicável, porque sonho a gente sonha e quando ele se torna realidade a gente ultrapassa tudo o que imaginamos. Ver o que se transformou esta escola,  no que era para o que esta agora,  é um sonho realizado de forna inexplicável. Lutamos por isso e conseguimos”, comemorou a diretora da Escola,  Selma Gatti.

(SECOM)