COTIDIANO

País pode economizar R$ 1 tri em dez anos pós reforma

13 de dezembro de 2017 às 09:47
Publicidade

São Paulo – O Brasil poderia economizar cerca de R$ 1 trilhão até 2028 com a aprovação da Reforma da Previdência proposta pelo governo federal. A informação é da CNI (Confederação Nacional da Indústria), que mostra que, com esse montante, seria possível construir 221,6 mil escolas ou 40,7 mil hospitais. Para 2017, a previsão do Tesouro Nacional é de que o déficit previdenciário já fique em R$ 181,6 bilhões.

Ano passado, o governo fechou a conta de quase R$ 150 bilhões de rombo no setor, o que corresponde a 2,4% do PIB (Produto Interno Bruto). Em relatório divulgado recentemente, a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) afirma que até 2050, se o sistema continuar operando da forma como está, o Brasil pode ter 17% do PIB comprometido só para pagar aposentadorias.

Atualmente, segundo o relatório, o País já gasta 9,1% do PIB com pagamento para aposentados, o percentual esperado para os países da OCDE daqui a pouco mais de 30 anos.

A semana do dia 18 de dezembro foi escolhida pelo Governo Temer para colocar na pauta do Congresso a Reforma da Previdência. A base aliada ao governo ainda tenta os 308 votos favoráveis, mas a expectativa é de que o assunto seja discutido no plenário antes do recesso parlamentar, que começa no dia 23 de dezembro. Para ser aprovado, o texto precisa ser votado em dois turnos.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE