2016_925054247-201607221332189675.jpg_20160722.jpgRIO – A seleção brasileira tentou, mas não conseguiu mudar o protocolo oficial estabelecido pela Fifa e pela organização dos Jogos Olímpicos. Assim, a menos de dois dias da semifinal, o técnico Rogério Micale foi submetido a uma maratona. Comandou o treino na tarde desta segunda-feira, em Teresópolis, teve que descer a serra rumo ao Rio para dar entrevista coletiva no Maracanã à noite e, em seguida, retornou à Granja Comary, onde a seleção treina na manhã desta terça-feira. Após a atividade, nova viagem ao Rio para se concentrar em um hotel na Barra da Tijuca até o jogo desta quarta.

APP RIO OLÍMPICO: Baixe grátis o aplicativo e conheça um Rio que você nunca viu

Futebol 13 de agostoComo o Maracanã está ocupado na terça-feira com a semifinal feminina, a coletiva oficial de véspera do jogo, sempre no estádio da partida, precisou ser antecipada. A CBF tentou alterar a programação, mas não obteve autorização. Acenou até com uma entrevista fora do Maracanã, o que não foi permitido.

Como se tornou rotina após o início do torneio olímpico, o técnico Rogério Micale não anunciou a escalação que vai tentar a vaga na final olímpica. No entanto, adiantou que “não deve mudar muito”. Parece claro que ele vai manter o time que venceu Dinamarca e Colômbia, com Luan no ataque e Walace na posição de volante.

Segundo Micale, as dificuldades do início do torneio, quando o Brasil empatou com África do Sul e Iraque, fizeram o time crescer.

– Acho que nos deu casca para nos fortalecermos e buscarmos um objetivo maior. Se o resultado não viesse, não estaríamos aqui. Então, acho que acabou tendo um efeito positivo – disse Micale.

Apesar da disparidade de tradição e relevância no cenário do futebol, ele pediu máxima atenção com Honduras, rival na semifinal desta quarta-feira.

– Acompanhamos Honduras desde a primeira fase. Sabemos o que vamos enfrentar. É um time extremamente rápido, físico e que se defende com uma linha de cinco defensores. À frente dela, fica uma linha de quatro jogadores e um atacante de referência. Será um jogo muito difícil – alertou.