Magnano e Barbosa não são mais técnicos das seleções de basquete

Após o fracasso nos Jogos Olímpicos do Rio, em que nenhuma das duas seleções chegou a fase final, a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) confirmou nesta terça-feira (dia 23) que os técnicos Rubén Magnano e Antonio Carlos Barbosa deixarão a seleções masculina e feminina, respectivamente. Os contratos que se encerram em 31 de agosto não serão renovados.

JK

Basquete sem técnico

? São dois excelentes profissionais, medalhistas olímpicos e que deram sua contribuição para as equipes nacionais. Por isso, a confederação agradece o profissionalismo e a dedicação de cada um. Como nos próximos meses não teremos nenhuma competição adulta, os substitutos serão definidos oportunamente ? disse Vanderlei Mazzuchini, diretor técnico da entidade.

Medalha do ouro com a Argentina em Atenas-2004, Magnano está na seleção desde 2010. Ele conseguiu classificar o time para os Jogos Olímpicos de Londres-2012, mas não para o Rio-2016, em que o Brasil teve que pegar à Federação Internacional de Basquete (Fiba) por sua vaga.

Em Mundiais e Olimpíadas, Magnano jamais conseguiu avançar às semifinais. Ele foi medalhista de ouro no Pan-Americano de Toronto (2015). Já Barbosa assumiu a equipe feminina em dezembro passado. A seleção não venceu uma partida sequer nos Jogos do Rio.

Em comunicado no site da CBB, o presidente Mazzuchini destacou a competência de Magnano e Barbosa e agradeceu pelo “profissionalismo e a dedicação de cada um”. O dirigente não informou quando serão anunciados os nomes dos futuros técnicos.

JK

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação