Itaipu: Diretor quer baixar a tarifa e modernizar a usina

A medida não deve ser imediata, mas segundo o Diretor é uma "prioridade"

Foz do Iguaçu – O diretor-geral da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna, vem tomando uma série de medidas para contenção de gastos relacionados à própria usina e também investimentos externos. Mas a boa notícia é que um dos propósitos da nova diretoria é a redução da tarifa de energia elétrica. “Em meio a toda essa situação de mudanças e cortes, nós ainda estamos pensando em reduzir a tarifa de Itaipu, nós precisamos reduzir, nem que seja 20 centavos de dólar, mas é necessário”, disse Silva e Luna em entrevista ao Jornal O Paraná.

Ele afirmou que a medida não deve ser imediata, já que requer estudo e planejamento, mas garantiu que é um dos projetos vistos com prioridade. “Nós estamos tomando medidas de austeridade, revisando projetos, cortando gastos desnecessários e precisamos mostrar que esse dinheiro economizado está indo para outros lugares que têm maior necessidade e essa é uma medida estudada”, garantiu o general.

Ainda sobre as medidas de contenção de gastos, ele afirma que a ideia é auxiliar o lado paraguaio da Itaipu nesse sentido também, visto que a diretoria daquele lado também sofre pressão nesse sentido.

Modernização

Outra grande preocupação na diretoria é a modernização da própria Itaipu Binacional. “Além de todas essas medidas importantes que já tomamos e estamos em vias de tomar, nós precisamos investir na atualização tecnológica da Usina. Em muitas áreas ela ainda é analógica e nós precisamos substituir pelo digital. Então nós estamos atacando isso. Já começamos a fazer a atualização tecnológica de Itaipu. O custo é de US$ 660 milhões, diluído ao longo de anos, mas não se pode esperar e já estamos fazendo”, complementou o Silva e Luna.

Reportagem: Cláudia Neis



Fale com a Redação

três × 1 =