Informe da redação do dia 28 de setembro de 2019

Desabafo

O ex-deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB), um dos “pais” da reforma tributária, fez um desabafo: “O Brasil faz lembrar o Titanic em mares revoltos sem ninguém no comando. Por todos os lados ouvimos falar da crise política, econômica e moral. Mas, na verdade, o Brasil enfrenta uma crise muito maior: a crise da falta de liderança e de credibilidade. O desgoverno é geral e, mesmo diante do desastre fatal, por absoluta falta de liderança, ninguém no Executivo sabe o que fazer exatamente como o exército de Brancaleone”.

Parceria com o Paraguai

A primeira-dama do Paraguai, Silvana Abdo, e a presidente da Organização Mundial da Família, Deisi Kusztra, assinaram acordo para elaboração e execução de ações e programas que estimulem o desenvolvimento social no país. A embaixadora da OMF na América Latina, Cida Borghetti, acompanhou o encontro e disse que o próximo passo é avançar no projeto de construção de um hospital infantil e maternidade no Paraguai.

Ganhando o mundo

O governador Ratinho Junior enviou à Assembleia Legislativa projeto de lei Ganhando o Mundo, que prevê o custeio de intercâmbio a estudantes do ensino médio da rede pública estadual. O intercâmbio será oferecido a alunos da 2ª série do ensino médio que passem em um curso preparatório de língua estrangeira ofertado gratuitamente pela Secretaria Estadual de Educação.

Polícia Civil

Nesta segunda-feira (30), a Polícia Civil do Paraná comemora 166 anos. Uma solenidade está agendada na sede da OAB Paraná, em Curitiba, com início às 10h, e deve contar com a presença do governador Ratinho Junior.

Nada muda

A assembleia extraordinária realizada quinta-feira (26) por ordem da Justiça manteve o resultado da eleição da diretoria da Fiep (Federação da Indústria do Estado do Paraná) e o industrial Carlos Valter Martins Pedro será empossado como presidente nesta segunda-feira (30). Ele assume para mandato de quatro anos.

Fomento Paraná

O prefeito de São Miguel do Iguaçu, Claudio Dutra, recebeu esta semana o presidente do Fomento Paraná, Heraldo Alves das Neves. Eles conversaram sobre a viabilização de recursos para novos financiamentos em parceria com o Estado.

Janot Bomba

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot ganhou destaque na mídia nacional essa semana com declarações nada republicanas. Melhor dizendo, bombásticas. Ele quase explodiu a cabeça do ministro Gilmar Mendes e a sua própria, em um episódio que diz ter ido armado a uma audiência na intenção de matar o ministro e depois tirar a própria vida. As declarações fazem parte de um livro que conta sua biografia e que será lançado neste fim de semana.

Tô nem aí

O alvo, ops, o ministro Gilmar Mendes fez pouco caso e ainda ironizou: pediu que o procurador “procure ajuda psiquiátrica”. “Confesso que estou algo surpreso. Sempre acreditei que (…) estava exposto, no máximo, a petições mal redigidas, em que a pobreza da língua concorria com a indigência da fundamentação técnica. Agora ele revela que eu corria também risco de morrer”.

Socorro

As concessionárias de rodovias do Paraná serão obrigadas a resgatar e a prestar assistência veterinária de emergência a animais acidentados nos trechos que administram. A responsabilidade está prevista em lei sancionada esta semana pelo governador Ratinho Junior e que passa a vigorar em 180 dias. Contudo, a obrigação só valerá para os contratos assinados a partir de agora.

Foz é pauta de Brasília

O secretário da Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex, e o diretor-geral do DER, Fernando Furiatti, estiveram no Ministério da Infraestrutura, em Brasília, e um dos itens da pauta foi a ampliação da pista do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu e a duplicação da BR-469, conhecida como Rodovia das Cataratas. A estimativa com ampliação do aeroporto é até triplicar o número de turistas que visitam Foz e, em breve, ter voo direto para Nova Iorque.



Fale com a Redação

quatro × cinco =