Impugnação do Ibope

A coligação do candidato ao governo do Paraná Ratinho Junior quer impedir a publicação da pesquisa Ibope prevista para esta quarta-feira (22). A chapa formada por PSD, PSC, PV, PR, PRB, PHS, PPS, Pode e Avante foi à Justiça e pediu impugnação da pesquisa contratada pela RPC-TV que trará intenção de voto ao governo e Senado no Paraná. Na ação, os advogados argumentam que é “insuficiente estratificação para o nível econômico dos eleitores respondentes; insatisfatória informação quanto à fonte pública de dados utilizada para confecção do plano amostral”.

Lei do Tide

Mais uma… Depois de promulgar o reajuste dos servidores e deixar de fora a galera do Estado, agora o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano, resolveu promulgar projeto de lei que garante o Tide (Tempo Integral e Dedicação Exclusiva) como regime de trabalho. A governadora Cida Borghetti alertou para o impacto negativo nas contas do Estado. Ademar ignorou. Só não disse quem vai pagar o furo no ano que vem.

Despesas

A situação no Estado está tão crítica que na semana passada a governadora Cida mandou recolher os telefones celulares. Ontem houve a entrega dos celulares corporativos por parte dos secretários de Estado que utilizam os serviços. A partir de agora, a equipe administrativa vai usar apenas linhas próprias para comunicação.

Camaradagem

Condenado em maio a sete anos de prisão por lavagem de dinheiro, o deputado afastado Paulo Maluf (PP-SP) vinha sendo levado em banho-maria na Câmara de São Paulo. Seus colegas deram um tempo para que ele renunciasse. Hoje, a cassação do seu mandato deve ser votada.

Som alto

Na Terra das Cataratas, movida pelo turismo, uma polêmica: o som alto nos bares que oferecem música ao vivo. A Câmara de Foz aprovou ontem requerimento para convocar uma audiência pública para debater a elaboração de um plano de atendimento a profissionais e empresários que vivem disso.

Assunto sério

E o assunto é mais do que pertinente. Tanto que bares e estabelecimentos comerciais têm sido lacrados por não atenderem a legislação municipal, que é rígida e considerada defasada. A proposta é que as regras sejam atualizadas e condizentes com a realidade turística de Foz.

Mínimos detalhes…

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) intimou todos os candidatos às eleições deste ano – inclusive os 13 candidatos à Presidência da República – para que detalhem a declaração de bens, após a Corte recuar de uma simplificação no sistema de declarações para as eleições deste ano.

Recuo

Isso porque, na eleição de 2014, ao declarar um bem imóvel, por exemplo, o candidato precisava detalhar valor, tamanho e endereço, mas neste ano tais informações não estavam sendo exigidas, porque o TSE queria o sistema mais célere. Com a repercussão negativa da medida, o ministro Luiz Fux, presidente da Corte até a semana passada, decidiu recuar e reincluir os campos no sistema.

Transparência

Segundo o TSE, a medida tem por objetivo conferir “o maior grau de transparência possível ao processo eleitoral”. Resultado: todos os 27.811 políticos aprimorar suas declarações.

É dinheiro!

Somados somente os candidatos à Presidência da República, o patrimônio declarado neste ano foi de mais de R$ 834 milhões. Os dois mais ricos concentram boa parte dessa quantia: João Amoêdo (Novo), com R$ 425 milhões; e Henrique Meirelles (MDB), com R$ 377,5 milhões.

Sanepar é top

A Sanepar é a primeira empresa na Região Sul e a segunda do País no setor água e saneamento no ranking Valor 1000, do jornal Valor Econômico, divulgado nessa segunda-feira (20), em São Paulo. O ranking pontua as mil maiores empresas brasileiras, em 25 setores da economia, de acordo com seu desempenho em 2017. Com 52 pontos, a Sanepar ficou atrás apenas da Sabesp, de São Paulo, que atingiu 62.