Informe da redação do dia 13 de agosto de 2019

Segue suspense em Quedas

A Câmara de Vereadores de Quedas do Iguaçu recorreu da decisão liminar do juiz da Vara da Fazenda da Comarca de Quedas do Iguaçu, Vitor Toffoli, concedida na última sexta-feira (9) que autorizou a manutenção da prefeita Marlene Revers no cargo. Segundo o presidente do Legislativo, Eleandro da Silva, o Departamento Jurídico apresentou todos os documentos que comprovam que a defesa foi notificada sobre a sessão que resultou na cassação da prefeita no último dia 6, obedecendo ao prazo de 24 horas de antecedência. Na liminar, o juiz acatou o argumento da defesa de que não foram respeitados os prazos de notificação e determinou nova sessão para julgamento do relatório da Comissão Processante que pede a cassação de Marlene por suposto superfaturamento na compra de bolos e salgadinhos.

CPI da JMK

A CPI da JMK precisou transferir as oitivas agendadas para ontem devido à falta de quórum. Dos 11 integrantes da comissão, apenas o Soldado Fruet e mais quatro deputados estavam presentes. Assim, a oitiva do ex-diretor do Deto (Departamento de Gestão do Transporte Oficial) Ernani Augusto Delicato foi remarcada para amanhã (14) e a do ex-secretário estadual da Administração e Previdência Fernando Eugênio Ghignone ficou para a semana que vem (20).

Mais um militar

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o contra-almirante Paulo Roberto da Silva Xavier para a Diretoria Administrativa da Itaipu Binacional. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União de segunda-feira (12). Com esse último nome, a diretoria da binacional lado brasileiro está totalmente renovada. Xavier substitui João Pereira, que ocupou o cargo por um ano e meio.

Luz cara

Em meio ao imbróglio envolvendo Itaipu, pesquisa da Abraceel (Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia), em parceria com o Ibope, revela que 79% dos entrevistados gostariam de ter um mercado livre para escolher a fornecedora de energia; 10% a mais do que percebido em 2018. Segundo a Pesquisa de Opinião Pública 2019 sobre o que pensa e quer o brasileiro do setor elétrico, 87% das pessoas consideram a conta de energia cara, número que subiu 4% em relação ao ano passado. Para 65% os impostos são excessivos.

Luz própria

De acordo com a Abraceel, o objetivo da pesquisa foi o de saber a opinião dos cidadãos sobre a possibilidade de escolher seu fornecedor e até mesmo de produzir sua própria energia. Foram ouvidas 2.002 pessoas, entre os dias 23 e 27 de maio, de 16 a 55 anos, em todas as regiões do Brasil.

Protesto

Estudantes e professores voltam às ruas hoje (13) em protesto contra os cortes no orçamento da educação e o projeto “Future-se”, lançado há duas semanas.

Pé de goiaba I

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, ironizou as críticas que vem recebendo em razão de declarações polêmicas, como a do vídeo em que ela aparece contando ter visto Jesus, quando era criança e subiu em um pé de goiabeira. Ao agradecer a homenagem dos deputados durante sessão em que recebeu o título de Cidadã Benemérita do Paraná, Damares disse que só foi rotulada de “a maluca do pé de goiaba” em razão de suas crenças religiosas.

Pé de goiaba II

“Apanhei muito. Riram de mim. Fui execrada em praça pública. Zombaram da minha história. ‘O que é que a louca estava fazendo no pé de goiaba aos dez anos de idade’. Eu estava chorando e querendo morrer porque fui vítima da pedofilia”, alegou. “Quantas crianças no Brasil hoje estão em cima do pé de goiaba? Milhões! Sabe quantas mulheres como eu são sobreviventes da pedofilia no Brasil? Milhões!”, disse a ministra.



Fale com a Redação

quinze + quinze =