Tentativa de acordo

A Justiça Federal do Paraná realiza hoje, às 14h, a continuação de audiência de conciliação entre a concessionária Caminhos do Paraná e o DER para tentar acordo em relação à execução das obras pendentes do Anel de Integração. A realização da audiência é uma determinação do juiz Friedmann Anderson Wendpap, da 1ª Vara Federal de Curitiba. A concessionária não realizou investimentos no Anel de Integração previstos no contrato. Em decisão de junho, ficou determinado que a concessionária depositasse mais de R$ 265 milhões como caução, que poderá ser reduzido à medida que as obras sejam entregues.

 

Contas reprovadas

O TCE julgou irregulares as contas de 2019 da Fundação Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu devido à existência de obrigações vencidas e o incremento do patrimônio líquido negativo na contabilidade da fundação. Devido à decisão, o diretor da fundação responsável pela prestação de contas recebeu duas multas, que totalizam R$ 9.158,40. Segundo o relator, o conselheiro Ivens Linhares, houve incremento de R$ 13,5 milhões nas obrigações em 2019 e o patrimônio líquido negativo era de R$ 42,1 milhões ao fim daquele ano.

 

Semana da Pátria

As Prefeituras de Cascavel e Toledo realizaram atos solenes ontem para abrir as comemorações da Semana da Pátria. Em Cascavel, a solenidade reuniu autoridades civis e militares na Avenida Brasil, em frente à Catedral. Prédios e espaços públicos ganharam as cores verde e amarela, inclusive a prefeitura. Em Toledo, servidores públicos e alunos da Escola Egon Werner se reuniram em frente ao Paço Municipal Alcides Donin para a realização do ato cívico.

 

Semana II

O G8, grupo que reúne oito das principais entidades patronais de Cascavel, publicou ontem um manifesto destacando a importância do Dia da Independência e defendendo a liberdade, o direito de todos de manifestar o amor ao seu País e defendendo a Constituição, a democracia e a liberdade de expressão.

 

Participativo

A Prefeitura de Foz do Iguaçu retomou o programa do Orçamento Participativo. Serão realizadas reuniões com moradores de todas as regiões da cidade. Nesses encontros, os iguaçuenses poderão escolher, de forma democrática, ações prioritárias para os bairros. Após uma reunião geral com os gestores, os moradores se dividirão em salas equipadas com notebooks e mapas regionais para elencar as prioridades.

 

Investimentos na CGE

A Alep aprovou ontem (1º) a proposta do Executivo que prevê o plano de modernização da CGE (Controladoria-Geral do Estado). O Projeto de Lei 261/2021 autoriza o governo do Estado a contratar operação de crédito do BNDES para financiar, parcialmente, as ações de melhorias do órgão. O crédito de R$ 46 milhões vai atender demandas de integração de sistemas, centralização de bancos de dados, incorporação de procedimentos e processos internos da CGE e de novas tecnologias.

 

Nome da Ponte da Integração

A Câmara de Foz do Iguaçu irá enviar uma Moção de Apelo ao Senado solicitando ao presidente Rodrigo Pacheco (DEM) a retirada da pauta de votação do projeto de lei que muda o nome da Ponte da Integração para Ponte Jaime Lerner. A mudança de nome foi aprovada no mês passado pela Câmara dos Deputados a partir de um projeto do deputado federal Evandro Roman (Patriota-PR). Contudo, a população de Foz não quer a alteração do nome da segunda ponte que a ligará com o Paraguai e que está sendo construída pela Itaipu binacional.