COTIDIANO

Greve de servidores da Justiça Eleitoral afeta cadastramento biométrico

29 de junho de 2015 às 11:15
Publicidade

Cascavel – Já atrasado por conta do atraso do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no envio dos 60 kits prometidos – até agora só chegaram 53 -, o cadastramento biométrico dos mais de 223 mil eleitores da Comarca de Cascavel ficará ainda mais prejudicado com a paralisação dos servidores da Justiça Eleitoral, que cruzam os braços nesta segunda (29) e terça-feira (30) em apoio à greve geral da categoria no Paraná.

A chefe de atendimento de biometria da 143ª Zona Eleitoral, Rubiane Kreuz, explica que nestes dois dias só serão feitos os atendimentos previamente agendados para esse período. Os eleitores que não fizeram o agendamento, portanto, não devem comparecer ao Fórum Eleitoral sob pena de não serem atendidos.

O TRE-PR (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná) chegou a fazer um apelo aos servidores cascavelenses para que não aderissem à greve, mas esse esforço foi em vão. Segundo Rubiane, o protesto é uma forma de a categoria pressionar por uma resposta do Tribunal sobre a pauta de reivindicações, que inclui, dentre outras coisas, um reajuste salarial de 8,17%.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE