201607071118373517.jpgSÃO PAULO – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reafirmou nesta segunda-feira que a equipe econômica está trabalhando nas projeções de arrecadação de tributos para decidir, até o fim do mês, se haverá aumento de impostos à população. A Receita Federal já encaminhou ao Ministério da Fazenda os dados rodados no fim de semana relativos à arrecadação.

? Estamos trabalhando nisso. Vamos tomar uma decisão preliminar se vai haver aumento de impostos ? disse.

Meirelles participou na manhã de hoje de um encontro com investidores na sede da XP Investimentos, em São Paulo. A jornalistas, salientou a importância desse tipo de evento para esclarecer sobre o andamento do ajuste fiscal.

Meirelles afirmou que o ajuste “caminha bem”, mas como “envolve o Congresso Nacional não é um processo linear, que a Fazenda decida”.

Perguntado sobre o que acharia de ser comparado a seu antecessor Joaquim Levy, que não conseguiu passar ajuste pelo Congresso durante o governo Dilma Rousseff, ele descontraído respondeu:

? Gosto muito do meu amigo Joaquim Levy. É um grande técnico, uma pessoa honrada. Sempre que sou comparado com algum ministro que fez algum trabalho importante me sinto muito honrado.