A final da Copa CK Penha, disputada sábado no Kartódromo Beto Carrero, em Penha, Santa Catarina, não foi da forma que queria a paranaense Giovana Krupp Marinoski, da equipe Clínica Pneumoair/Explorer Informática/Ananias Imóveis/MRcar/Distribuidora Parmera/Instituto ASR. Ela cometeu alguns erros e diz que eles servirão de aprendizado para o futuro, especialmente para o Campeonato Brasileiro deste ano, que será disputado em dezembro, no Beto Carrero.

Segundo Giovana, os erros cometidos custaram um pódio.

Ela largou em oitavo e logo no início da prova não conseguiu evitar enroscos que poderiam ser evitados, assim como algumas rodadas. “Foi um dia que nada parecia dar certo. Agora é analisá-los com cuidado para que não se repitam”, frisa Giovana, que terminou a competição na 11ª colocação.

A vitória na categoria Cadete foi do catarinense Christain Mosimann, que ganhou as duas baterias.

Crédito: Eni Alves/Divulgação