Rio de Janeiro – Em um duelo digno de decisão de título, Flamengo e Corinthians iniciam nesta quarta-feira a disputa por uma vaga na final da Copa do Brasil 2018. O duelo de ida da semifinal entre os rivais de maior torcida no País será no Maracanã, às 21h45.

Como não poderia deixar de ser, o templo do futebol terá arquibancadas lotadas esta noite. Em parcial divulgada ontem à tarde, mais de 40 mil pessoas já haviam garantido ingresso para o jogo. Em campo estarão dois copeiros. Flamengo e Corinthians têm três títulos cada na Copa do Brasil – empatados com o Palmeiras -, atrás apenas dos pentacampeões Grêmio e Cruzeiro.

Para chegar à semi, aliás, o Rubro-Negro carioca precisou eliminar o poderoso Grêmio, com uma vitória por 1 a 0 no Maracanã depois de ter buscado o empate por 1 a 1 no último lance do jogo em Porto Alegre. Já o Alvinegro paulista passou apertado pela modesta Chapecoense, apesar de ter vencido os dois jogos do mata-mata, ambos por 1 a 0. Antes, nas oitavas de final, o Flamengo passou pela Ponte Preta e o Corinthians pelo Vitória – os rivais desta noite iniciaram a Copa do Brasil direto nas oitavas, por terem disputado a Libertadores.

A importância deste jogo fica ainda maior pela inconstância das equipes na temporada. O Fla vem de vitória sobre a Chape pelo Brasileirão, mas antes havia perdido para Internacional e Ceará, além de ter sido eliminado da Libertadores pelo Cruzeiro. Já o Corinthians vem de derrota para Palmeiras e Ceará e empate com o Atlético-MG pelo Brasileirão, além de ter sido eliminado da Libertadores pelo Colo-Colo.

As equipes

Para este jogo, as equipes fazem mistério. No Flamengo, a ideia é contar com o atacante Lucas Paquetá e o meia Cuéllar, que tiveram voo fretado para o Rio de Janeiro direto dos Estados Unidos, onde enfrentaram as seleções de El Salvador e Argentina pelas equipes de Brasil e Colômbia, respectivamente. Já Rodinei e Marlos são dúvidas, bem como quem exercerá a função de centroavante (Dourado, Uribe ou Lincoln). No Corinthians, o mistério é quanto à presença do lateral-direito Fagner. O jogador, que foi cortado dos amistosos da seleção brasileira nos Estados Unidos por estar lesionado – a recuperação estava estimada para meados deste mês -, treinou para o jogo de hoje, o que gerou desconforto nos flamenguistas, que prometeram “denunciar” o rival, que estaria descumprindo uma regra da Fifa de ter de atuar apenas cinco dias após o último compromisso de sua seleção em caso de recusa, o que não aconteceu – ele foi desconvocado.