Fim da licença-prêmio de servidores do Paraná será votado nesta terça-feira

O texto institui no lugar da licença-prêmio uma licença capacitação

Curitiba – O projeto de lei complementar que altera a licença-prêmio de servidores públicos do Estado do Paraná passou por mais uma comissão nessa segunda-feira (7), a de Finanças e Tributação, e, com isso, está pronta para ser votada na sessão plenária desta terça-feira na Alep (Assembleia Legislativa do Paraná). Foram quatro votos a favor e dois contra na apreciação da comissão.

Toledo – Coronavírus – Ligue

O PLC 9/2019, de autoria do governo do Estado, tem levantado debate por mexer em um controverso benefício de funcionários públicos: o de tirar licença remunerada de três meses a cada cinco anos consecutivos de trabalho (ou seis meses a cada dez anos trabalhados no caso dos policiais).

O texto institui no lugar da licença-prêmio uma licença capacitação, na qual o servidor poderá tirar as folgas desde que comprove que as usará para fazer cursos de aperfeiçoamento de interesse do Estado. A definição de quais cursos serão aceitos não estão claras no projeto. A medida também exclui o benefício para novos servidores.

A votação em plenário começa às 14h30 e é esperado plenário lotado por servidores públicos.

 


Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação