O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil do Paraná, está monitorando as chuvas que caíram no Litoral durante todo o fim de semana. Uma equipe do órgão foi deslocada para a região nesta segunda-feira (1º).

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) informou que foram registrados pontos de alagamentos em diferentes municípios – as estações meteorológicas de Antonina, Guaratuba e Morretes registraram neste domingo (31) chuvas acumuladas de 99,8 mm, 81,6 mm e 53,4 mm, respectivamente. Em Guaraqueçaba o volume foi de 93,6 mm.

A situação mais crítica foi verificada em Morretes. A cidade decretou estado de emergência após os níveis dos rios Nhundiaquara, Catira, São João, Marumbi, do Pinto, Cascatinha, Sagrado e seus afluentes terem ultrapassados os limites críticos, com inundações em algumas regiões.

De acordo com a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, 11 pessoas foram retiradas de suas casas como ações preventivas. A prefeitura do município informou ainda que três famílias estão desabrigadas.

“Tivemos outras situações, mas Morretes é o principal ponto de preocupação, já que alguns rios saíram da caixa. Ainda assim são poucas ocorrências. Estamos atentos e vamos atuar conforme as solicitações”, afirmou o chefe da Comunicação Social da Defesa Civil, capitão Marcos Vidal.

O Simepar apontou que as chuvas, de ordem moderada, seguirão nesta segunda-feira tanto no Litoral quanto na Região Metropolitana de Curitiba.

(Agência Estado)