Cascavel – Como estão suas finanças pessoais? É hora de apertar o cinto, é hora de planejar, é hora de rever as contas. O tema é uma das abordagens do curso de Ciências Contábeis da Universidade Paranaense – Unipar e tem se destacado, inclusive, entre os mais jovens.

Devido à importância e à configuração econômica brasileira nos últimos anos, o assunto se tornou palestra e tem sido discutido em colégios e empresas de Cascavel e da região. Esse projeto de extensão é conduzido pelo coordenador do curso em Cascavel, professor Jony Sandro Wischneski, e acompanhado por alunos da graduação.

“Esse tema muito se comenta e pouco se aplica, muitas vezes por falta de conhecimento ou pela atual situação financeira particular de cada pessoa”, observa. Porém, o docente alerta que é necessário repensar sobre o assunto. Em sua fala, Wischneski traz algumas inovações e sugestões de ferramentas que podem ser utilizadas para o acompanhamento do dia a dia das finanças pessoais, como a utilização do DFC (Demonstrativo do Fluxo de Caixa).

Além desse papel de conscientizar a sociedade a repensar comportamentos financeiros, a profissão ganha lugar em diversos espaços, colocando o profissional nas empresas (contador, contador de custos, contador gerencial e organizacional, cargo administrativo, analista financeiro, auditor interno), como autônomo (auditor independente, empresário contábil, perito contábil, consultor, investigador de fraudes, assistente pericial), nos órgãos públicos (contador público, agente fiscal fazendário, auditor do tribunal de contas) e na área de ensino (docente, pesquisador, escritor, parecerista, conferencista).

Conforme o coordenador, o objetivo do curso, com a teoria em sala de aula e com as atividades desenvolvidas no Núcleo de Práticas e Pesquisas Contábil da Unipar, é possibilitar uma formação com visão estratégica e competência, para que o profissional possa auxiliar os gestores na tomada de decisões fundamentais para a saúde financeira de qualquer organização.