O “terrível” Mendonça

O advogado-geral da União, André Mendonça, será o indicado do presidente Jair Bolsonaro para o Supremo Tribunal Federal na vaga do ministro Marco Aurélio Mello, em julho. O ex-ministro da Justiça se reuniu com o presidente no Palácio na sexta-feira passada. Foi comunicado de que será o “terrivelmente evangélico”, expressão que Bolsonaro já usou para citar o perfil que procurava para seu indicado na Corte. Nos últimos dias, Bolsonaro começou a consultar – pessoalmente, no gabinete, ou por telefonemas – os líderes das grandes igrejas neopentecostais e conseguiu o aval para o nome. Mendonça tinha nova reunião agendada ontem com o presidente.

 

Assembleianos

Bolsonaro conversou pessoalmente com os pastores e deputados federais Marco Feliciano, Cezinha de Madureira e Silas Câmara (todos da Assembleia de Deus) e com o deputado Fábio Souza (Fonte da Vida).

 

Martelo abençoado

Já o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) crava à Coluna: “Será o André Mendonça, isso aí já está bem cristalizado, e praticamente batido o martelo”.

 

Fatura paga

Também passou pelo gabinete o fundador da Assembleia Vitória em Cristo, Pr. Silas Malafaia. Ele foi o principal crítico de Bolsonaro quando o presidente escolheu o desembargador Nunes Marques para o STF, e cobrou o “terrivelmente evangélico”.

 

Nova tentativa

Ex-ministro da Educação do presidente Temer e ex-candidato à Prefeitura do Recife na última eleição, Mendonça Filho já está preparando a indumentária para disputar de volta uma poltrona na Câmara dos Deputados em 2022. No plano, a deputada estadual Priscila Krause disputará o Governo de Pernambuco. Ambos pelo DEM.

 

Eterno ex

Mendonça Filho já está sem mandato há 14 anos, tendo disputado e perdido em 2006 para governador de Pernambuco; para prefeito do Recife em 2008 e 2012; para senador em 2018; e novamente para a mesma prefeitura em 2020. Não está nos seus planos ficar novamente na planície e quer voltar para Brasília.

 

Ganhou um

Bolsonaro ganhou um aliado no Senado. Recebeu no gabinete o senador Alexandre Giordano (PSL-SP), suplente do falecido Major Olímpio – que se tornara oposição.

 

Desafio de novata

A ministra da Secretaria de Governo do Palácio, Flávia Arruda, tem sido bem ouvida pelos parlamentares. O que não quer dizer bem aceita, por ora.

 

Bye, bye, Trump

Quem o viu conversar há dias com o presidente da Rússia, Vladmir Putin, diz que Bolsonaro tem um novo amigo de infância. Ele admira a postura “militar” do russo.

 

Bispo desprevenido

Por falar no deputado Cezinha de Madureira (PSD-SP), foi ele quem capitaneou a live, há dias, como citamos, na qual um bispo (de Brasília) passou nu na frente da webcam.

 

Check-in na floresta

O classudo Hotel Tropical, na floresta da periferia de Manaus, será reaberto após um hiato de quase dez anos com a falência. Sob novo proprietário, que pagou R$ 91 milhões pelas instalações e pela marca, será reaberto no segundo semestre de 2022.

 

Siga a Coluna

Estamos nas rádios Super Tupi FM, com Luiz Ribeiro, de segunda a sexta (19h); na JK FM aos domingos (8h) com Jorge Eduardo; e na Muriaé FM às sextas (11h30), com Jorge Luiz. Podem acompanhar pelos sites das rádios ou pelo APP Rádios NET.