Gurgacz realiza último treino do ano

Pedro Gurgacz realiza hoje o último treino do ano. Pensando no Brasileiro de Kart, que será disputado em Cascavel, em julho do próximo ano, o piloto da equipe Eucatur/Hospital São Lucas pretende dar pelos menos umas 30 voltas no Kartódromo Delci Damian.

Pedro Gurgacz será um dos representantes de Cascavel no Brasileiro e irá competir na categoria Shifter.

Segundo Pedro, a partir de hoje entra em férias e só volta a treinar na segunda quinzena de janeiro, quando já se preparará para o Campeonato Metropolitano de Cascavel, que terá a primeira etapa nos dias 15 e 16 de fevereiro. No entanto, ele torce para que pilotos do Paraná e de outros estados tenham interesse na Shifter e que ela possa ser uma das categorias do Metropolitano. “Se não tiver a Shifter no Metropolitano, vou treinar apenas para manter o ritmo e esperar o Open. O importante será estar bem preparado para o Brasileiro. Sendo em casa, temos que fazer um bom campeonato”, acentua Pedro.

Em 2016, quando Cascavel sediou a 18ª Copa Brasil e o Sul-Americano de Kart, Pedro Gurgacz sagrou-se vice-campeão da categoria Júnior nas duas competições.

Temporada foi positiva para Myasava e Leonardo Sanchez

Gustavo Myasava e Leonardo Sanchez, pilotos da MRF Racing/EMS Farmacêutica, consideram positiva a temporada 2018 da Stock Light, encerrada no último domingo, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Na última prova do ano, Gustavo largou em quinto e conclui a prova em sexto. Ele explica que no treino classificatório teve problemas com pneus e na prova com os freios. Já Leonardo largou em 25º e concluiu a prova em 24º, porém uma rodada na metade da prova o impediu de buscar um Top 10 na prova.

Gustavo Myasava frisa que o problema nos freios não lhe permitiu brigar por um pódio, mas encerra da temporada de forma positiva, figurando no TOP 10 do campeonato, ao ocupar a nona colocação, com 106 pontos. “Tivemos boas provas e chegamos ao fim da temporada com o carro mostrando evolução. Isto nos projeta boas perspectivas para 2019”, completa Myasava.

Por sua vez, Leonardo Sanchez acentua que a prova do último domingo foi espetacular. Realizou algumas ultrapassagens nas primeiras voltas, porém uma rodada lhe tirou as chances de buscar uma colocação no TOP 10. “Após rodar, tive problemas para religar o carro. Quando consegui o pelotão já estava chegando. Mesmo tomando volta, consegui andar no meio do pelotão. Estreei na fase final da temporada e o objetivo era concluir as provas. Consegui e melhorando a cada corrida. Atingimos os objetivos”, destaca Leonardo Sanchez, acrescentando que a equipe MRF Racing/EMS Farmacêutica conclui a temporada na oitava colocação no campeonato de equipes.

A vitória na etapa de encerramento da Stock Light foi de Guilherme Salas, que retornou à categoria. Mas que fez festa foi Rapahel Reis, que com o quinto lugar na prova, conquistou o título da temporada.

Gustavo Myasava e Leonardo Sanchez continuarão como parceiros na MRF Racing/EMS Farmacêutica em 2019/ Foto: Vanderley Soares

Paulo Bento

O cascavelense Paulo Bento desistiu de disputar a etapa de encerramento do Turismo Nacional, no próximo domingo, em Curvelo (MG). Ele informou que, em função de sua mãe Regina estar hospitalizada, não poderá se ausentar de Cascavel. Paulo estava na briga pelo título da categoria 2A.

Sprint Race

O Autódromo de Interlagos, em São Paulo, será o palco da grande final da temporada 2018 da Sprint Race neste sábado.

Motocross

O Campeonato Paranaense de Motocross 2018 teve sua última etapa marcada por belas disputas, domingo, em Boa Esperança, na região de Goioerê. Destaque para Ismael Rojas, campeão da categoria principal, a MX1, e também da MX2 e da Força Livre Nacional. Outros dois pilotos também somaram mais de uma conquista nesta temporada. Willian Guimarães garantiu o título na MX3 e na MX4, e vice na MX1; e João Vitor Vargas ergueu a taça na Intermediária Especial e na Junior. Os demais campeões foram: Kauã Lima, na 65cc Otávio Pedro da Silva, na 85cc; Leandro Machado, na Intermediária Nacional; Lucas Rocha Xavier Santos, na Light; Denyter Dorfschmidt, na Minimotos; Adilson Szlachta, na MX5; Osni Lucio, na MX5 50; e Eduarda Conzatti, na categoria MXF.

Tessaro vai competir na Europa

O kartista Vinícius Tessaro, 11 anos, viveu em 2018 sua primeira temporada em uma categoria que utiliza motores mais potentes, de 125cc. Em seu ano de estreia na categoria Júnior Menor, sagrou-se campeão do Sul-Brasileiro, do Brasileiro, da Copa São Paulo da Grande Viana (nas categorias Júnior Menor e Rotax Mini) e ganhou o Capacete de Ouro.

Para fechar o ano com boas notícias, ele anunciou ontem que irá competir no kartismo europeu em 2019, além de disputar o Campeonato Brasileiro, que será disputado em Cascavel, em julho. Vinícius Tessaro será piloto oficial da Parolim, fabricante italiana de chassis, e disputará o WSK, na Itália; o Campeonato Europeu e o Campeonato Mundial.