Ramilândia – A Câmara dos Vereadores de Ramilândia reduziu em 41% o valor dos salários de quem for eleito ano que vem para mandato a partir de 2021. A proposta teve cinco votos favoráveis e quatro contrários. A medida não altera os salários atuais. A proposta é do vereador Vagner Brites (PSDB).

Conforme o projeto de lei, o salário dos vereadores passa de R$ 3.054,88 para R$ 1.800 e o do presidente da Câmara de R$ 3.971,33 para R$ 2.340. Por mês, a redução significa economia de 11.670 e pode passar de R$ 500 mil nos quatro anos do mandato. “A cidade é carente de recursos. A população, que é de pouco mais de 5 mil pessoas, depende quase que toda da agricultura. Desde que fui eleito, sempre me pediam para propor a redução dos salários e então decidi honrar os meus 181 votos”, justificou Brites.

O vereador diz que a legislação impede alteração salarial na própria legislatura. Brites está no seu primeiro mandato e adiantou que é pré-candidato para as próximas eleições também como vereador. “Mesmo menor, ainda é um bom salário”, disse, ao explicar que, atualmente, a única renda dele é a que tem como vereador. Antes, trabalhava com o pai no ramo da construção civil.