ESPORTES

Superliga B em 2018?

01 de dezembro de 2017 às 17:02
Publicidade

Uma reunião na sede da CBV (Confederação Brasileira de Voleibol), no Rio de Janeiro, definiu nesta semana o formato e a tabela da temporada 2018 da Superliga B feminina de voleibol, que terá três times paranaenses: Cascavel, São José dos Pinhais e Londrina.

Além deles, também disputarão a competição o ADC Bradesco (SP), o Lavras (MG) e o Cefa (RS).

A Superliga B 2018 terá início do dia 25 de janeiro e tem a final prevista para 7 de abril. A principal novidade é que desta vez ascenderão duas equipes à Superliga (campeão e vice).

De acordo com o regulamento, os seis times jogarão em turno único entre si. Os dois melhores classificados avançarão direto para as semifinais, enquanto os quatro restantes fazem ainda um playoff quartas de final. A novidade para a nova temporada está na disputa das fases eliminatórias que agora será em melhor de dois jogos e, caso necessário, a realização de um Golden Set de 25 pontos.

Nada por aqui

Apesar de uma das vagas estar confirmada para Cascavel e a edição do próximo ano ser mais atraente em relação às últimas por distribuir duas vagas na elite do voleibol brasileiro, novamente a Superliga B deve passar longe da Capital do Oeste. Neste ano, a vaga cascavelense foi utilizada pelo Clube Curitibano, que terminou vice-campeão e não conseguiu o acesso ao ser derrotado pelo Baruri do técnico Zé Roberto. Já nas edições de 2016 e 2015 o time cascavelense chegou à semifinal e foi sensação de público. Para 2018, sem CNPJ próprio – utilizava o da prefeitura na Federação Paranaense, o que não mais permitido por lei – o voleibol de Cascavel precisará reconquistar seu vínculo federativo.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE