Paraná lidera ranking do Prêmio 500 Maiores do Sul

186 empresas do Estado que figuraram entre as 500 maiores assumiram o topo em receita líquida

Curitiba – O Paraná superou o Rio Grande do Sul e passou a liderar nos principais indicadores da premiação 500 maiores do Sul, tradicional ranking do Grupo Amanhã, em parceria com a consultoria PricewaterhouseCoopers (PwC). As 186 empresas do Estado que figuraram entre as 500 maiores assumiram o topo em receita líquida, patrimônio, lucro líquido e no VPG (Valor Ponderado de Grandeza), o indicador usado para ordenar as empresas.

Como base para construção da listagem foram considerados os dados financeiros das empresas do ano de 2018. A cerimônia de premiação ocorreu nessa quinta-feira (7), no ExpoUnimed, em Curitiba, com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Além da boa posição do Estado, as duas principais empresas estatais do governo do Paraná tiveram destaque no ranking. A Copel ficou em primeiro lugar entre as 100 maiores empresas do Paraná e em terceiro entre as 500 da Região Sul. A Sanepar ficou em oitavo no ranking estadual e em 17º englobando os três estados do Sul.

As 186 companhias paranaenses que figuraram entre as maiores obtiveram melhores resultados do que as demais empresas de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. As representantes locais apresentaram maior soma de receitas, de patrimônios e em lucros. Em razão disso, o Estado ficou com o maior VPG, principal critério de classificação desde 1991, quando foi desenvolvido o ranking.

 

Top 10 Paraná

A Revista Amanhã apresentou o quadro das dez companhias localizadas no Paraná com maior Valor Ponderado de Grandeza (VPG). Compõe o ranking, pela ordem: Copel (R$ 14,2 milhões), Coamo (R$ 8,2 milhões), Klabin (R$ 7,2 milhões), Rumo (R$ 6,8 milhões), Itaipu Binacional (R$ 6,4 milhões), Renault (R$ 6,3 milhões), Fertipar (R$ 4,7 milhões), Sanepar (R$ 4,6 milhões), Kirton Bank (R$ 4,4 milhões) e C.Vale Cooperativa Agroindustrial (R$ 4,2 milhões).

 

 



Fale com a Redação

16 − 5 =