Panorama esportivo do dia 25 de junho de 2019

Série D

Pela Série D do Campeonato Brasileiro, o Cianorte recebeu a Ferroviária e carimbou o passaporte as oitavas de final. Depois do 0 a 0 persistir mais uma vez no placar, a decisão foi para os pênaltis, e o Leão do Vale venceu por 4 a 3. Agora a equipe paranaense enfrentará o Caxias. A partida de ida será com mando dos gaúchos, enquanto a volta será em Cianorte.

Futebol 7

A equipe da Vidraçaria EB tratou de manter em casa o troféu de campeão do 2º Campeonato Paranaense de Futebol 7, realizado no fim de semana em Cascavel. Vice-campeão em 2018, o Kones, de Londrina, novamente terminou em segundo lugar. No feminino, que teve a primeira edição este ano, as londrinenses do Colégio Estadual Tsuru Oguido venceram o Sol Nascente, de Capanema. No total, a competição reuniu 26 equipes de Cascavel, Londrina, Curitiba, Capanema, Toledo, Foz do Iguaçu e São Miguel do Iguaçu.

 Kickboxing

Sete atletas de Cascavel que fazem parte da seleção paranaense de kickboxing garantiram medalhas no Campeonato Brasileiro disputado em Sorocaba (SP) e ajudaram o Paraná a conquistar a 3ª colocação geral. Os medalhistas de ouro garantiram vaga para 11º Campeonato Sul-americano de que será realizado no mês de novembro em Lima, no Peru.

Natação

A natação brasileira vai chegar forte ao Mundial de Gwangju, na Coreia do Sul, a partir do dia 21 de julho. Em cinco eventos internacionais na Europa nos últimos 15 dias, os nadadores brasileiros ganharam um total de 44 medalhas, sendo 18 de ouro. Mais importante do que isso, conquistaram ótimos resultados principalmente nos 50m e 100m livre.

Neymar

De acordo com o programa francês “Téléfoot”, o PSG não gostou da primeira oferta do Barcelona e passou a considerar o atacante intransferível. O jornal espanhol “As”, porém, acredita que seja uma estratégia para valorizar a transferência e que a saída dependerá da pressão que Neymar fizer no PSG.

Tênis 

O ranking feminino tem uma nova líder. A australiana Ashleigh Barty conquistou o titulo do torneio de Birmingham e tirou do posto de número 1 do mundo a japonesa Naomi Osaka. A tenista de 23 anos vive um momento espetacular, depois de vencer em Miami e Roland Garros.

 

 

 



Fale com a Redação

5 + 12 =