Live de Djalma Fogaça será com Sperafico no domingo

Sem corridas, as lives são a forma mais eficiente de movimentar aqueles que gostam de automobilismo

O piloto Djalma Fogaça tem promovido uma série de lives em seu Instragam neste período de quarentena em função da pandemia do coronavírus. Sem corridas, as lives são a forma mais eficiente de movimentar aqueles que gostam de automobilismo.

Quando usar máscara de pano

A live de Djalma Fogaça do próximo domingo (17) será com o ex-piloto Milton Sperafico. Será a partir das 19 horas e poderá ser acompanhada pelo endereço @djalmafogaça72. Será um bate-papo sobre o presente e o passado do automobilismo brasileiro.

Fogaça e Sperafico se conheceram em 1985, quando estrearam no Campeonato Brasileiro de Fórmula Ford. Eles dividiram as primeiras filas dos grid da categoria até 1987. Mesmo adversários nas pistas em três temporadas, os dois se tornaram amigos, amizade que dura até os dias atuais.

Dos mais experientes pilotos em atividade, Djalma Fogaça conquistou títulos no Paulista de Kart, foi o campeão brasileiro de Fórmula Ford em 1988 e da Fórmula Chevrolet em 1992. Foi o vencedor da única prova da Stock Car disputada no oval do Rio de Janeiro, em 1996. Estreou na Fórmula Truck em 1997 e atualmente disputa a Copa Truck.

Milton Sperafico iniciou sua carreira em 1975, na Motovelocidade, no Autódromo de Cascavel e em Curitiba. Participou de provas da Motovelocidade até 1979, conquistando o título de Campeão Regional nas categorias 50 e 125 cilindradas. De 1980 a 1982 competiu no kart, participando de provas nos Campeonatos Paranaense e Paulista. Ainda em 1982 iniciou no automobilismo, participando do Campeonato Paranaense de Velocidade, na Divisão 3, ficando em terceiro lugar. Em 1983 sagrou-se campeão paranaense da Divisão 3; em 1984 foi campeão Paranaense da Hot Car, categoria que substituiu a Divisão 3 no Estado. Em 1985 estreou no Brasileiro de Fórmula Ford, ganhando a quinta etapa da temporada no Rio de Janeiro, recebendo o troféu das mãos do saudoso Ayrton Senna. Em 1990 e 1991, disputou os Campeonatos Paranaense e Gaúcho de Fórmula Ford. Na temporada de 1992, passou a competir nos Campeonato Brasileiro e Sul-Americano de Fórmula-3 e, em 1993, sagrou-se campeão dos Campeonatos Brasileiro e Sul-Americano de Fórmula 3 “B”.

Como dirigente do Esporte a Motor, Milton Sperafico atuou como presidente do Automóvel Clube de Toledo por vários anos; foi vice-presidente da Federação Paranaense de Automobilismo; e também vice-presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo.

Djalma Fogaça, um dos mais experientes pilotos em atividade- Crédito: Orlei Silva

Desafio Virtual

A quinta e última etapa do Desafio Virtual das Estrelas, torneio beneficente que reúne grandes nomes do automobilismo brasileiro, será disputada hoje, a partir das 20h, no Autódromo de Interlagos, circuito que completa hoje 80 anos. A decisão do campeonato, que já teve mais de 50 pilotos incluindo pilotos da Fórmula 1 como Rubens Barrichello, Felipe Massa, Felipe Nasr e Pietro Fittipaldi, fará parte dos eventos oficiais em comemoração ao aniversário de Interlagos. O líder da competição é o paranaense Felipe Drugovich.

Transcatarina

A cerca de dois meses do Transcatarina 2020, o Caçador Jeep Clube e a SC Racing decidiram remarcar a data da 12ª edição do evento que, até então, seria realizada de 7 a 11 de julho. Sem perspectivas de uma melhora no cenário da pandemia do coronavírus nos próximos meses, a nova data do evento será de 27 a 31 de outubro. O roteiro permanecerá o mesmo, com largada e chegada em Fraiburgo, no Hotel Renar, e os pernoites nas cidades de Treze Tílias e Caçador.

 

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

5 + 14 =