Curitiba – As startups que queiram participar da Chamada Agrotech PR devem fazer a inscrição até este domingo, dia 21 de novembro. Elas terão oportunidade de oferecer soluções na área de inovação para indústrias do agronegócio. A iniciativa, que tem como objetivo fomentar a transformação digital em todo o Paraná, é comandada pelo Governo do Estado, a Fundação Araucária, o Senai no Paraná e o Senai Nacional, por meio da Plataforma de Inovação.

Na chamada, as indústrias e startups selecionadas desenvolverão projetos de transformação tecnológica no contexto do agronegócio, em um período de 12 meses, com apoio da rede dos Institutos Senai de Tecnologia e Inovação. A iniciativa tem apoio da Superintendência da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, da Bosch e da Stihl. A chamada pública faz parte das ações do Napi Startup Life, criado e implantado pela Fundação Araucária.

Além dos recursos disponibilizados de até R$ 2 milhões para o desenvolvimento dos projetos, as startups receberão mentorias (consultorias especializadas), aceleração e até R$ 25 mil para custear horas da equipe técnica.

As empresas âncoras, ou seja, as indústrias que buscam soluções para os desafios que propõem, já foram selecionadas. São elas: Adama Brasil, Cocari Cooperativa Agropecuária e Industrial, De Sangosse Agroquímica, Frimesa Cooperativa Central, Pastifício Selmi, Prime Agro Produtos Agrícolas, Rumo Malha Norte, Tecverde Engenharia e Viasoft. Agora as startups podem se inscrever nos desafios lançados por estas empresas.

Para inscrições e mais informações, basta acessar o site: www.agrotechpr.com.br