Bolsonaro vai indicar Mendonça

O presidente Jair Bolsonaro definiu que o atual advogado-geral da União, André Mendonça, será indicado ao STF (Supremo Tribunal Federal) na vaga de Marco Aurélio Mello. Bolsonaro comunicou sua escolha a ministros em reunião nessa terça no Palácio da Alvorada, da qual Mendonça participou. O encontro não estava na agenda do presidente. O nome ainda deve ser oficializado pelo Palácio do Planalto e a indicação precisa passar pelo aval do Senado. Com Mendonça, Bolsonaro cumpre a promessa feita à sua base eleitoral de indicar um nome “terrivelmente evangélico” para o cargo. Pastor da Igreja Presbiteriana Esperança de Brasília, o advogado-geral da União enfrenta resistências no Senado, mas o presidente avalia que esse quadro é reversível.

 

UFPR punida

A UFPR foi punida com multa de R$ 1,3 milhão pelo fiasco do concurso da Polícia Civil do Paraná, cujas provas foram suspensas horas antes do horário marcado para aplicação no dia 21 de fevereiro. Milhares de candidatos haviam viajado para Curitiba para fazer o exame e só ficaram sabendo da suspensão em cima da hora. O processo administrativo foi concluído na última segunda. A instituição pode recorrer.

 

Sem folga

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), disse ontem que a comissão não terá recesso legislativo, programado para iniciar no dia 18 de julho indo até 1º de agosto. “Essa CPI não vai parar. Essa CPI não vai ter recesso. Não temos direito, como senadores e senadoras, de parar enquanto as pessoas estão morrendo. Não temos direito e ninguém vai nos obrigar a ter esse direito. Temos a vida toda para tirar férias”, declarou Aziz.

 

Datena na pista

O apresentador José Luiz Datena oficializou sua filiação ao PSL no último sábado (3), um ano e meio após ter se filiado ao MDB. Desde 2015, esta é a quarta sigla à qual Datena se une. O jornalista já passou por PT, PP e MDB. A chegada de Datena ao ex-partido de Jair Bolsonaro pode servir para a sigla ter um candidato próprio para lançar à Presidência da República ou ao Senado, ano que vem. Datena, inclusive, já aparece em algumas consultas eleitorais para presidente.

 

Espera do SUS

Projeto de lei assinado pela deputada Luciana Rafagnin (PT) e pelo deputado Michele Caputo (PSDB), que defende a divulgação da lista de espera do SUS (Sistema Único de Saúde) no Paraná, é aprovado na Assembleia. Segundo a proposta, semanalmente deverá ser publicada na internet uma listagem atualizada das pessoas que aguardam cirurgia e demais procedimentos. A questão é: qual lista?

 

Aulas presenciais

A Seed (Secretaria de Estado da Educação e do Esporte) divulgou novo balanço sobre a volta das aulas presenciais na rede estadual de ensino. Segundo a pasta, 1.045 colégios estão abertos para as atividades presenciais, o que corresponde a aproximadamente 50% das 2,1 mil escolas administradas pelo governo do Paraná.