Resolvido

A questão do transporte público de Cascavel não é mais problema para o prefeito Leonaldo Paranhos, pelo menos por enquanto, isso porque no último dia de 2021 o alcaide conseguiu assinar a prorrogação dos atuais contratos por 18 meses. O contrato ainda não foi publicado no Diário Oficial do Município, mas deverá sair nos próximos dias.

 

Câmara

A prorrogação foi possível, pois no apagar das luzes do ano passado a Câmara aprovou uma alteração na Lei Orgânica do Município permitindo o aditivo contratual. Em que pese às muitas críticas técnicas, pela votação, pois essa mesma matéria já havia sido votada ainda em dezembro, e que não poderia retornar ao plenário (no mesmo ano) por conta de uma vedação legal, a Câmara não se abalou e passou por cima da própria Lei Orgânica para “garantir” o funcionamento do serviço.

 

Foz do Iguaçu

O PIB (Produto Interno Bruto) de Foz do Iguaçu cresceu 7,5% em 2019, com um resultado de R$ 15,776 bilhões. Com o desempenho, um dos destaques entre os municípios do Paraná, a cidade chegou ao sexto lugar entre as 10 maiores economias do Estado. Os dados são do IBGE.

 

Eleições

Em 2022 teremos eleições para presidente, governador, senador, deputado federal e estadual e, os próximos dois meses serão fundamentais para a definição das federações partidárias, que por enquanto está vingando apenas entre os partidos de esquerda.

 

Eleições II

A corrida eleitoral se iniciou muito antes, contudo, se intensificará nos próximos meses até outubro, mês da realização do pleito. Em março, se inicia a janela partidária, na qual os candidatos podem trocar de partido sem correr o risco de perder o mandato político. Muito já se ensaia, contudo, a maioria das candidaturas se definem a partir de março.

 

Corrida

No Paraná a corrida por uma cadeira já se iniciou. Nos bastidores, informações de que uma reforma no primeiro escalão no Governo Ratinho Junior deve ocorrer ainda em janeiro. Os secretários já começam a deixar os cargos para concorrer ao pleito.

 

Vai e Vem

De acordo com as informações, irão voltar ao legislativo estadual o Chefe da Casa Civil, Guto Silva (PSD); o secretário da Administração e da Previdência, Marcel Micheleto (PL) e Márcio Nunes (PSD), secretário do Desenvolvimento Sustentável e Turismo.

 

Vai e Vem II

Já quem deve retornam a Câmara Federal são os secretários da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost (PSD) e o da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex (PSD). Ainda, segundo informações, o secretário da Saúde, Beto Preto, vai deixar o governo, contudo, ele não tem mandato como deputado, pois em 2018 ele renunciou a Prefeitura de Apucarana para assumir o cargo de secretário.

 

Cascavel

Enquanto na Capital do Paraná os leões já começam a brigar, em Cascavel o clima parece mais tranquilo. Durante 2021 alguns nomes foram cogitados para uma disputa no pleito de 2022, alguns desistiram antes mesmo da campanha iniciar, outros ainda seguem com o sonho.

 

Cenário

Aos poucos o cenário estadual e federal vai se moldando, enquanto alguns dizem abertamente que são pré-candidatos, outros são mais contenciosos e ainda aguardam definições e amarrações políticas e orientação dos partidos.