H) Billboard Internas (320X50)

COTIDIANO

Indenizações por morte crescem no Paraná

16 de dezembro de 2017 às 06:57
Publicidade

Curitiba – Dados do Boletim Estatístico da Seguradora Líder, administradora do Dpvat (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), mostram um sensível aumento no número de indenizações pagas por mortes ocasionadas no trânsito paranaense.

De janeiro a novembro deste ano, a Líder registrou 2.808 indenizações pagas no Estado, ou seja, 2,74% a mais do número contabilizado no mesmo período do ano passado, com 2.733 indenizações pagas em nome das vítimas aos familiares ou responsáveis. Na Região Sul, compreendendo os três estados, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, foram 6.041 indenizações pagas do início do ano até novembro passado por consequência das mortes no trânsito, contra 5.544 de janeiro a novembro de 2016, ou seja, uma alta de 8,96%.

Já as indenizações pagas por invalidez em todo o Paraná foram 15.337 de janeiro a novembro de 2017, ante 18.710 no mesmo período do ano passado, totalizando uma queda de 18% nos procedimentos.

Nos estados da Região Sul, está queda foi mais acentuada, chegando a 20,69% das indenizações por invalidez.

Números apurados com o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) mostram que no Paraná há uma frota próxima de 7 milhões de veículos.

Para o presidente-executivo da Seguradora Líder, José Ismar Torres, essa redução de quase 10% no número de indenizações pagas no Brasil demonstra maior consciência por parte da população e a aplicação de um maior rigor adotado no combate a fraudes. “A Segura Líder conseguiu evitar perdas de R$ 831,9 milhões e, deste total, R$ 196 milhões em indenizações indevidas não pagas por fraudes comprovadas”, destacou Torres. “Estamos investindo na modernização do sistema e em novas tecnologias para destinar o benefício ao cidadão que tem de fato o direito”.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

K) Rodapé Internas (728x90) Desktop