POLÍTICA

Governador e novo diretor-geral brasileiro da Itaipu garantem continuidade da parceria

18 de abril de 2022 às 16:00
Governador Carlos Massa Ratinho Junior em reunião com o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Almirante Anatalício Risden - Curitiba, 18/04/2022
Publicidade

O governador Carlos Massa Ratinho Junior recebeu nesta segunda-feira (18) o novo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, almirante Anatalicio Risden Junior, que tomou posse em fevereiro, no Palácio do Itamaraty, em Brasília. Eles alinharam a continuidade da parceria estratégica entre o Governo do Estado e a binacional, principalmente em relação às obras em execução no Paraná e o desenvolvimento sustentável dos municípios lindeiros.

“As parcerias com a Itaipu são essenciais para o desenvolvimento do Paraná. Desde que assumi o Governo do Estado, recebemos mais recursos do que em todos os 30 anos anteriores, são R$ 1,6 bilhão em obras. Tenho certeza que vamos continuar com esse trabalho em conjunto, que é bom não só para o Paraná, mas também para o Brasil”, afirmou o governador.

Durante o encontro, o almirante fez questão de ressaltar a cooperação entre o Paraná e a Itaipu. Ele será homenageado pela Assembleia Legislativa com o título de Cidadão Benemérito do Paraná.

“Nós temos uma parceria exitosa com o Governo do Estado, que tenho certeza que renderá muitos frutos e terá ainda mais sucesso nos próximos anos. O diálogo e a boa convivência com nossos parceiros é um dos princípios basilares da gestão”, destacou Anatalicio.

INVESTIMENTOS – Atualmente, a Itaipu Binacional mantém com o Governo do Estado e a Sanepar obras de infraestrutura e saneamento no Oeste e Noroeste do Paraná, área de influência dos rios que chegam ao Lago de Itaipu.

Os investimentos em andamento no Estado envolvem obras em Foz do Iguaçu, onde fica a usina hidrelétrica, e em outras áreas da região, compreendida por 54 municípios paranaenses e um sul-mato-grossense. Os aportes financeiros têm como foco o desenvolvimento econômico e social e os esforços para a criação de um corredor bioceânico multimodal conectando o Atlântico ao Pacífico, facilitando a integração da América do Sul.

São quatro intervenções em Foz do Iguaçu, todas com apoio do Estado: a ampliação da pista do Aeroporto Internacional Cataratas, transformando-a na maior do Sul (já concluída); a Ponte da Integração Brasil-Paraguai, que deve ficar pronta em setembro de 2022; a perimetral leste, nova rodovia que vai da cabeceira da ponte até a BR-277; e a duplicação da Rodovia das Cataratas, que deve ter obras iniciadas entre o final de 2022 e o começo de 2023.

Existem também uma série de obras em execução nas demais regiões do Estado, como a duplicação da BR-277 e do Contorno Oeste, em Cascavel; a pavimentação da Estrada Boiadeira, entre Icaraíma e Umuarama; a nova sede do Batalhão de Fronteira em Guaíra; além de investimentos de mais de R$ 84 milhões em saneamento ambiental em 12 municípios.

A parceria ainda inclui ações na área ambiental, como a consolidação da faixa de proteção do Lago de Itaipu com 250 metros de largura, o plantio de 24 milhões de mudas de árvores, o sequestro de 3 mil toneladas de carbono por ano, a implementação orgânica dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), trabalho reconhecido internacionalmente pela ONU, além de educação ambiental com pescadores, indígenas e agricultores, análise de sedimentos, monitoramento da qualidade água, e incentivo ao saneamento.

PRESENÇAS – Participaram do encontro os secretários de Infraestrutura e Logística, Fernando Furiatti, e da Comunicação e da Cultura, João Evaristo Debiasi; o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; e o assessor do diretor-geral brasileiro da Itaipu, Felipe Ferrão.

AEN

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE