COTIDIANO

Estado amplia investimentos no HU de Cascavel e anuncia novos leitos na região Oeste

14 de junho de 2022 às 19:12
Governo do Paraná amplia investimentos no HU de Cascavel e anuncia novos leitos na região Oeste - Novo equipamento do serviço de hemodinâmica do Hospital Regional do Oeste do Paraná (HUOP) -
Publicidade

O Governo do Estado inaugurou nesta terça-feira (14) o serviço de hemodinâmica do Hospital Regional do Oeste do Paraná (HUOP). O novo equipamento, com investimento de R$ 2,5 milhões da Secretaria de Estado da Saúde, fará cerca de 350 procedimentos por mês, substituindo o antigo, há mais de dez anos em funcionamento. Os leitos da unidade hospitalar também serão ampliados a partir de 1º de julho – serão mais 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 23 de enfermaria.

“Um importante investimento que vai ampliar a cobertura de procedimentos nesta região com grande contingente populacional. O HU é parceiro e mais uma vez joga junto com a Sesa para viabilizar atendimento de alta complexidade cardiovascular na política de regionalização da saúde que temos adotado e que permite o atendimento mais perto da casa das pessoas”, afirmou o secretário estadual da Saúde, César Neves.

Referência regional em cardiologia e vascular, o HU oferta serviços para 94 municípios no Oeste, numa cobertura assistencial de 2 milhões de pessoas. O equipamento tem capacidade para diagnóstico e procedimentos intervencionistas em especialidades como neurovascular, cardiovascular, vascular, endovascular, endopróteses.

“Era uma demanda antiga do hospital. O equipamento que tínhamos estava muito defasado. Conseguimos esta aquisição, e com isso voltamos a prestar atendimento adequado na região. Com isso o HU volta ao cenário adequado e efetivo da assistência”, destacou o diretor-geral do HU, Rafael Muniz de Oliveira.

ALA MATERNO INFANTIL – A segunda etapa da obra da ala materno infantil também será licitada nos próximos dias. A Sesa aportou R$ 10 milhões para a conclusão da unidade. O repasse foi feito pelo Governo do Estado em março deste ano.

“Esta obra necessitava de uma ação do Estado para a sua conclusão. Demos andamento e agora já está em fase licitatória. Muitos paranaenses vão nascer aqui em condições adequadas e com o cuidado técnico e humanitário para os bebês e as futuras mães”, disse o secretário.

Além da conclusão estrutural, os investimentos garantem a instalação do aquecimento de água, sistema de climatização, forro, bancadas e pias, iluminação, refúgio e espaços externos de urbanização e estacionamento.

“Temos em média 400 partos por mês. O repasse do Estado garante a continuidade do projeto. O novo espaço vai viabilizar a humanização dos pacientes, que hoje conta com a possibilidade de internação de 14 pacientes. Com essa nova ala, poderemos mais do que dobrar a estrutura”, disse o diretor-geral do HU.

LEITOS – Mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 23 leitos de enfermaria também serão abertos a partir de 1º de julho no HU. Outros 25 leitos (10 de UTI e 15 de enfermaria) já haviam sido disponibilizados nas últimas semanas, totalizando um pacote de 48 leitos na unidade. Outros dois leitos de UTI pediátrica no Hospital São Lucas em Cascavel entraram em operação hoje.

“Diante da sazonalidade da demanda por leitos de UTI, temos feito aberturas em etapas. Aqui na região Oeste já fizemos algumas ampliações e agora com uma perspectiva de novas vagas em Cascavel, garantindo assistência macrorregional”, enfatizou Neves.

PRESENÇAS – Participaram do evento o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos; o reitor da Universidade do Oeste do Paraná (Unioeste), Alexandre Webber; a diretora da 10ª Regional de Saúde, Lilimar Mori; o secretário Municipal de Saúde, Miroslau Bailak, além de técnicos e profissionais do hospital e vereadores.

Fonte: AEN

 

 

 

 

 

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE