São Paulo – Quatro times estão representando o Paraná na Copa São Paulo de Futebol Júnior: Athletico, Coritiba, Operário e Londrina. As equipes estão em busca de um feito inédito, pois o estado nunca teve um time campeão do torneio.

Nove times do Estado do Paraná já participaram da competição. O Coritiba é o representante que esteve em mais edições: 32 no total. O Coxa é seguido por Paraná Clube (28), Athletico (26) e Matsubara (15). A melhor campanha paranaense é do Athletico, que em 2009 chegou à grande final, mas foi derrotado pelo Corinthians por 2 a 1, no Pacaembu.

 

Jogos

Hoje, o Coritiba faz a estreia no torneio contra o Real Brasília. No grupo ainda estão o Nacional e o Capivariano, ambos de São Paulo. O Londrina também faz o primeiro jogo na competição e enfrenta um forte adversário, o Aster, atual campeão do Campeonato Capixaba sub-20. Além deles, estão no grupo os paulistas São Bernardo e São Bento.

O Operário de Ponta Grossa perdeu para o Santos por 2 a 1 no primeiro duelo, enquanto o Athletico só ficou no empate em 0 a 0 contra o Taquarussú-TO. Os times ainda terão mais dois jogos para buscar a vaga na fase mata-mata.

A final da Copinha será realizada no dia 25 de janeiro, com local a ser definido pela Federação Paulista de Futebol, tendo em vista que o Estádio Pacaembu, tradicional palco das finais, passa por reforma.

 

+++ Mais: ++

 

Após demitir “Luxa”, Cruzeiro contrata uruguaio Pezzolano

 

B.Horizonte – O Cruzeiro anunciou a contratação do técnico uruguaio Paulo Pezzolano. O treinador acertou com a Raposa por um ano, com a possibilidade de renovação do vínculo. Junto com Pezzolano chegam o auxiliar-técnico Martín Varini, o preparador físico Gonzalo Álvarez e o analista de desempenho Matias Filippini. “Olá nação azul. Estou muito empolgado de participar deste projeto do Cruzeiro. Vamos precisar muito se vocês para alcançar os objetivos”, declarou o técnico em vídeo divulgado pelo Cruzeiro.

O treinador se apresentou oficialmente ao clube ontem (4), na Toca da Raposa II. Pezzolano assume o cargo de Vanderlei Luxemburgo, demitido no final de dezembro por “questões orçamentárias”.

 

Futsal: Conmebol confirma Copa América no Paraguai

 

Com o novo aumento de casos de Covid-19 pelo mundo, inclusive no Brasil, a CBF abriu mão de sediar a Copa América de Futsal 2022, que aconteceria no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro, entre os dias 29 de janeiro e 6 de fevereiro. Na semana passada, o Brasil registrou 9.958 casos confirmados, um aumento de 53% em relação há duas semanas, indicando tendência de alta nos diagnósticos.

Com a decisão da CBF, a Conmebol anunciou ontem (4) que a competição será disputada no Paraguai, nas mesmas datas anunciadas anteriormente. A entidade enviou um ofício às associações nacionais sul-americanas confirmando a troca de sede, e explicou que a decisão ocorre “em função das restrições sanitárias vigentes no Brasil”, por conta da pandemia.

A Seleção Brasileira, maior vencedora da competição com dez títulos, se reuniu em Sorocaba-SP no mês de dezembro e realizou diversos treinos preparatórios para o torneio. Os jogadores convocados que atuam na Europa retornaram para seus clubes, que seguem na temporada de jogos, e devem se juntar ao grupo brasileiro somente no final do mês, quando inicia a Copa América.

 

Copa Brasil de Marcha Atlética abre calendário nacional dia 9

 

A Copa Brasil de Marcha Atlética, competição que abre o calendário oficial da Confederação Brasileira de Atletismo de 2022, no dia 9 de janeiro, em um circuito de 1 km no estacionamento do Bragança Garden Shopping, em Bragança Paulista (SP), terá 76 atletas, de 19 clubes de seis Estados e do Distrito Federal.  O evento será seletivo para o Campeonato Sul-Americano da especialidade, marcado para os dias 5 e 6 de fevereiro em Lima, no Peru.

O clube que mais inscreveu atletas, dentre eles o principal destaque da prova no ano passado, Caio Bonfim, foi o CASO (Centro de Atletismo de Sobradinho), do Distrito Federal, que terá em Bragança Paulista 31 atletas, masculino e feminino, e em todas as categorias em disputa.

Em 2021, também no mesmo percurso deste ano, o brasiliense Caio Bonfim confirmou seu amplo favoritismo e conquistou o 10º título consecutivo na prova dos 20 km ao completar as 20 voltas no circuito em 1:23:59.

Caio foi acompanhado de perto em boa parte da prova pelo catarinense Matheus Gabriel Correa (AABLU), que terminou na segunda colocação (1:24:43). Lucas Mazzo (CASO) ficou em terceiro lugar (1:31:22). Tanto Matheus quanto Lucas também estão inscritos para a prova do dia 9 de janeiro.

A competição reunirá atletas das categorias sub-16, sub-18, sub-20 e adultos, a partir das 6 horas.

 

Superliga: Osasco tem jogos adiados após casos de Covid

 

A Confederação Brasileira de Vôlei confirmou nesta semana o adiamento das duas primeiras partidas do Osasco em 2022 pela Superliga Feminina após atletas da equipe terem testado positivo para Covid-19. Desta forma, os confrontos contra o Fluminense, na sexta-feira (7), e Itambé Minas, na próxima segunda-feira (10), terão novas datas definidas posteriormente pela entidade.

Segundo comunicado do próprio Osasco, algumas atletas testaram positivo para a Covid-19, mas nenhuma apresentou sintomas graves. Todas estão em isolamento e recebendo os cuidados necessários para a recuperação.

 

Copa Brasil de Marcha Atlética abre calendário nacional dia 9

 

A Copa Brasil de Marcha Atlética, competição que abre o calendário oficial da Confederação Brasileira de Atletismo de 2022, no dia 9 de janeiro, em um circuito de 1 km no estacionamento do Bragança Garden Shopping, em Bragança Paulista (SP), terá 76 atletas, de 19 clubes de seis Estados e do Distrito Federal.  O evento será seletivo para o Campeonato Sul-Americano da especialidade, marcado para os dias 5 e 6 de fevereiro em Lima, no Peru.

O clube que mais inscreveu atletas, dentre eles o principal destaque da prova no ano passado, Caio Bonfim, foi o CASO (Centro de Atletismo de Sobradinho), do Distrito Federal, que terá em Bragança Paulista 31 atletas, masculino e feminino, e em todas as categorias em disputa.

Em 2021, também no mesmo percurso deste ano, o brasiliense Caio Bonfim confirmou seu amplo favoritismo e conquistou o 10º título consecutivo na prova dos 20 km ao completar as 20 voltas no circuito em 1:23:59.

Caio foi acompanhado de perto em boa parte da prova pelo catarinense Matheus Gabriel Correa (AABLU), que terminou na segunda colocação (1:24:43). Lucas Mazzo (CASO) ficou em terceiro lugar (1:31:22). Tanto Matheus quanto Lucas também estão inscritos para a prova do dia 9 de janeiro.

A competição reunirá atletas das categorias sub-16, sub-18, sub-20 e adultos, a partir das 6 horas.