Duas semanas após competir em Monza, na Itália, o brasileiro Felipe Drugovich volta à pista, agora na Rússia, onde desembarcou quarta-feira. A sexta rodada tripla da temporada será disputada a partir de hoje no Sochi Autodrom, em Sochi.

Assim como nas cinco etapas anteriores, a Fórmula 2 fará parte do final de semana da Fórmula 1, que desta vez terá também a disputa da última etapa da Fórmula 3. “O final de semana será mais agitado, com um cronograma mais apertado”, lembra o piloto de Maringá (PR).

Piloto da equipe inglesa UNI-Virtuosi, Felipe Drugovich busca se recuperar do fim de semana ruim em Monza, quando não marcou pontos. “O objetivo é dar o meu melhor para eu voltar ao lugar que eu pertenço, ou seja, lá na frente, lutando pelas primeiras posições”, aposta o piloto, que em 2020, na sua temporada de estreia na Fórmula 2, venceu três provas e conquistou uma pole position.

A programação da Fórmula 2 na Rússia inicia hoje com treino livre das 4h05 às 4h50 (no horário de Brasília) e o treino classificatório será das 10h25 às 10h55. No sábado, serão duas corridas, com 21 voltas de duração cada uma, com largadas às 5h30 e às 10h45. A terceira corrida, com 28 voltas de duração, será no domingo, com largada às 5h20.