O sábado será quente na capital paranaense com a disputa da sexta etapa da Copa Truck. Além da temperatura ambiente na casa dos 26°C, a disputa pela liderança do campeonato promete ferver na pista. Com apenas dois pontos de diferença, os pilotos Mercedes-Benz Wellington Cirino e André Marques tentam quebrar um tabu – a marca ainda não venceu em Curitiba desde o início da Copa Truck. Antes de buscar a vitória nas provas marcadas para 14 horas, eles tentarão a pole-position, a partir das 9h35.

Nos treinos de sexta-feira, o time Mercedes-Benz dominou duas sessões com Wellington Cirino, no geral, e Giuliano Losacco na Super Truck., deixando uma boa perspectiva para as duas corridas deste sábado.
“Estamos com os caminhões bem ajustados para aquilo que a pista exige. Foram três boas sessões de treinos e, agora, é fazer o trabalho bem feito no classificatório e nas corridas”, avalia”, avalia o paranaense Wellington Cirino, líder do campeonato, que tem em seu caminhão as marcas da Cresol, Cavaletti, Dimare Planejados, Unimed Beltrão e Nino Faróis.

André Marques também andou entre os primeiros nas três sessões e se mostrou motivado para tentar a quinta vitória na temporada.
“Já quebramos o tabu de nunca ter vencido em Interlagos. Agora chegou a vez de fazer o mesmo aqui em Curitiba. Por tudo que fizemos nos primeiros treinos dá para ficar bem esperançoso de um bom resultado”, prevê André Marques, que tem em seu caminhão as marcas Consórcio Mercedes-Benz, Gelog Logística, Rodoviário Crismara e Radiadores Visconde, Alliance Truck Parts.

O bom acerto dos caminhões Mercedes-Benz da AM Motorsport também se refletiu nos resultados dos pilotos da categoria Super Truck. Giuliano Losacco foi o mais rápido em duas sessões e tem boa expectativa para este sábado.
“Os caminhões chegaram bem ajustados e aproveitei para fazer ajustes finos no setup. Cheguei a andar entre os cinco primeiros, o que mostra que temos boas possibilidades no sábado”, afirmou o piloto Alliance Truck Parts, D’Itália Empreendimento, Amortex, Black NG Engenharia 4.0.
Glauco Barros e Daniel Kelemen tiveram um dia de adaptação à pista e mostraram evolução em seus tempos, com expectativa de ficar em uma posição intermediária no grid de largada para a corrida 1.

A programação da Copa Truck neste sábado começa às 9h35, com o treino de classificação. A corrida 1 tem largada prevista para 14h10 e a corrida 2 logo em seguida. Toda a programação terá transmissão no youtube e facebook da categoria e as corridas também passam na Band.
A equipe AM Motorsport Truck é a equipe oficial Mercedes-Benz na Copa Truck, com o apoio do Consórcio Mercedes-Benz, Gelog Logística, Rodoviário Crismara e Radiadores Visconde, Alliance Truck Parts, D’Itália Empreendimento, Amortex, Black NG Engenharia 4.0, Mercedes Club, Pirow Filtros e Equipamentos Industriais, Vinilak Tintas Especiais, Maxon Oil, Gabardo Logistica, Eletric, Autantigo e GestAutoBrasil.

Melhores tempos da sexta-feira
1º – Beto Monteiro, VW, 1:41.948
2° – Wellington Cirino, Mercedes-Benz, 1:42.003
3º – Felipe Giaffone. IVE, 1:42.555
4º – Roberval Andrade, VW, 1:42.647
5° – André Marques, Mercedes-Benz, 1:42.668
6° – Paulo Salustiano, VW, 1:42.843
7º – Giuliano Losacco, Mercedes-Benz, 1:43.405
8º – Danilo Dirani, MB, 1:43.524
9º – Régis Boessio, VOL, 1:44.380
10º – Valmir Benavides, IVE, 1:44.584
11º – José Augusto Dias, VW, 1:44.917
12° – Fábio Fogaça, PRO, 1:44.994
13º – Débora Rodrigues, VW, 1:45.117
14º – Evandro Camargo, MB, 1:45.206
15º – Luiz Lopes, MB, 1:45.252
16º – Pedro Paulo, MB, 1:45.294
17º – Djalma Pivetta, IVE, 1:45.369
18º – Adalberto Jardim, PRO, 1:45.731
19º – Rodrigo Pimenta, PRO, 1:45.902
20º – Jaidson Zini, MB, 1:46.004
21º – Danilo Alamini, VW, 1:46.140
22º – Felipe Tozzo, IVE, 1:46.194
23º – Daniel Kelemen, Mercedes-Benz, 1:46.334
24º – Glauco Barros, Mercedes-Benz, 1:46.620
25º – Ricardo Alvarez, SCA, 1:53.292