Foi uma sequência de jogos alucinante e com um ritmo de jogo e resultados bastante positivos. Porém, chegou a hora de um descanso para os jogadores do Cascavel Futsal. Depois de quase 20 dias jogando a cada 48 horas, o time tem um bom tempo para descansar e recarregar as energias para os próximos compromissos.

Por enquanto, o próximo jogo será apenas na sexta-feira da semana que vem, em Joinville, fechando a primeira fase da LNF. Porém, o calendário maluco das três competições pode colocar uma partida já no começo da semana contra o Marreco, pela Liga Paraná.

Até eu terminar de escrever esta coluna, ainda não havia definição.

Na LNF, o time é o terceiro colocado do seu grupo e tem a classificação encaminhada.

Na Liga Paraná está com 100% de aproveitamento e com todas as vantagens possíveis para os mata-mata.

Na Série Ouro, também já garantiu a classificação.

Ou seja, o elenco está de parabéns até aqui.

O FCC segue em busca da sua vaga na próxima fase. Vai fazer uma sequência de dois jogos contra os últimos colocados do grupo e tem tudo para se firmar na parte de cima da tabela. É preciso estar atento para o jogo deste domingo. O Nacional apresentou uma evolução desde a chegada do novo técnico. Apesar de ter tomado uma sapatada do Mirassol no jogo do turno, segurou as pontas no jogo de quarta-feira e arrancou um empate que foi surpresa para muita gente. O favoritismo é todo do FCC, o que gera a obrigação de vencer e seguir o caminho pensado antes do início em um grupo que vem se mostrando o mais equilibrado do campeonato.

Nardão

Durante alguns anos, ainda no início dos anos 2000, boa parte das páginas de esporte de O Paraná estava sob a responsabilidade do amigo Ronaldo Kracieski. Tive a honra que trabalhar com ele, ainda, na Rádio Capital. Nessa sexta, recebemos a notícia de seu passamento em virtude das decorrências da contaminação da covid-19. Valeu, Nardão!

Lista

Nenhum dos quatro pendurados do FC Cascavel tomou cartão na partida contra a Portuguesa, na última quinta. A notícia diminui a tensão do técnico Caranhato para escalar, sabendo que pode ter todo o mundo. A maior preocupação é no lado esquerdo, que não tem substituto de ofício caso ocorra uma suspensão. Para o jogo com o NAC, será preciso atenção para não sofrer surpresas.

Finanças

Muitos times brasileiros estão caindo na real sem os recursos de TV ou de patrocinadores que tiraram o pé com a pandemia. O resultado é que as dívidas estão se acumulando e o reflexo vai direto para o bolso dos trabalhadores, o que inclui jogadores e pessoal de apoio. O comunicado dos jogadores do São Caetano serve de alerta para muitos times que precisam modernizar a parte administrativa sob pena de falências e rebaixamentos.

Retorno

Alisson, Gabriel Jesus, Phillippe Coutinho e Vinicius Junior são alguns dos nomes que estão de volta à Seleção Brasileira para as eliminatórias. A lista foi anunciada ontem pelo técnico Tite, visando aos jogos contra a Venezuela, dia 13 de novembro, no Morumbi, e contra o Uruguai, dia 17 de novembro, em Montevidéu. Com o retorno de Alisson, Santos, goleiro do Athletico, ficou de fora.