Firás Fahs é o vice-campeão da preliminar das 500 Milhas

Firás Fahs encerra a temporada de kart em 2018 de forma positiva. O piloto de Foz do Iguaçu se sagrou vice-campeão da categoria Cadete na preliminar das 500 Milhas de Kart disputada sábado no Kartódromo da Granja Viana, em Cotia, na Grande São Paulo.

Firás largou em quinto e estava muito rápido nos primeiros 20 minutos. Recebeu a bandeirada na interrupção programada para reabastecimento em segundo. No intervalo da prova, que teve 45 minutos de duração, o preparador optou por recalibrar os pneus, o que não surtiu o resultado desejado. Firás largou e manteve o segundo lugar, porém logo o kart travou e não pôde acompanhar o líder. “Foi uma pena o kart perder rendimento na parte final da prova. Tínhamos condições de ganhar. Mas o resultado é muito bom. Estou muito feliz”, frisa Firás.

A vitória foi de Lucas Capelosssi, que completou 44 voltas em 45m05s013. Heitor Dalla’Agnol foi terceiro colocado, com Antonella Bassani em quarto e Pedro de Freitas, em quinto.


Roberval é campeão da Copa Truck

O paulista Roberval Andrade se sagrou campeão da Copa Truck após duas as duas Corrida da Grande Final, disputada domingo, no Autódromo Internacional de Curitiba. O piloto da Scania chegou à capital paranaense como vice-líder da competição com 126 pontos, dois atrás de André Marques, e garantiu o título ao ganhar a Corrida 1 e ser segundo na segunda. Terminou o campeonato com 164 pontos. Felipe Giaffone é o vice-campeão, com 162; seguido de Wellington Cirino (152), Renato Martins (135) e André Marques (128).


Retardatário tira Akyu da prova

Um retardatário estragou a corrida do cascavelense Akyu Myasava na preliminar das 500 Milhas de Kart, domingo, no Kartódromo de Grana Viana, em Cotia, na Grande São Paulo.

Akyu largou em terceiro na prova da Cadete e assumiu a liderança na 13ª volta. Estava muito rápido. Após a relargada para a parada de reabastecimento, manteve o segundo lugar, mas pressionando o líder. No entanto, faltando oito voltas para o fim um retardatário rodou à sua frente e o tirou da prova. No choque, a barra de direção de seu kart ficou torta e não teve mais como continuar na corrida. Akyu se queixou dos comissários de pista que deveriam ter dado bandeira azul para o retardatário.


Gatti é reeleito presidente da FPrA por aclamação

Rubens Gatti presidirá a FPrA (Federação Paranaense de Automobilismo) por mais quatro anos. Ele foi reeleito por aclamação em assembleia sexta-feira à noite na sede da entidade, que contou com a presença de dirigentes de 15 clubes dos 31 que tinham direito a voto. Gatti comandará o automobilismo paranaense até 2022. A posse da nova diretoria será marcada para janeiro, podendo ser até o dia 30.

A nova diretoria a FPrA ficou assim: Rubens Maurílio Gatti (Rolândia), presidente; Valmor Weiss (Curitiba), vice-presidente; e Bento Tino Cesca (Foz do Iguaçu), segundo vice-presidente. O Conselho Fiscal será composto por Roberto César Cirino (Francisco Beltrão), Delcio Bertasso (Apucarana) e Nelson Fernandes (Londrina). Os dois suplentes do Conselho Fiscal serão Rui Amauri Gatti (Rolândia) e Fernando Duarte (Londrina).

Já reeleito, Rubens Gatti agradeceu a confiança dos clubes em sua gestão, afirmando que toda a diretoria e a sua equipe se desdobrarão para enfrentar os desafios que virão nos próximos quatro anos, torcendo para que a economia do País tenha uma recuperação rápida para que o automobilismo volte a receber investimento de patrocinadores.

Dirigentes de 15 clubes deram mais quatro anos para Rubens Gatti à frente da FPrA/ Foto: Mario Ferreira