Com dois minutos de jogo, a equipe do técnico Tcheco já teve sua primeira chance depois de lançamento do lateral-esquerdo Wilian Simões para o zagueiro William, que cruzou na área e levou perigo.

Trocando muitos passes em busca dos espaços para abrir o marcador, a Serpente Aurinegra também subiu suas linhas defensivas e tomou conta do meio-campo, impondo um forte ritmo e muita marcação.

Aos 10 minutos, quem teve sua primeira chance no jogo foi o meio-campista João Pedro, que, depois de jogada individual do camisa 9 do Cascavel, Carlos Henrique, chutou, a bola foi desviada pela zaga do Caxias e por pouco não sobrou para o centroavante.

Mesmo pressionando, quem abriu o marcador foi o Caxias, com o camisa 9 Michel, depois de roubar a bola e encaixar o contra-ataque.

O time do Cascavel não se entregou e continuou pressionando os gaúchos para igualar o placar. O que veio aos 41 minutos do primeiro tempo com o centroavante Carlos Henrique. A linda jogada do gol de empate da Serpente Aurinegra nasceu de um lançamento perfeito do meio-campo Robinho, que achou o camisa 4 William que só ajeitou para Carlão empurrar para o fundo da rede. Fim do primeiro tempo: 1×1.

No segundo tempo, a partida ficou mais equilibrada entre as equipes, mas foi o Cascavel quem teve maior posse de bola e quem criou mais que o adversário. O Caxias, por outro lado, se fechou no setor defensivo buscando jogar sempre pelo contra-ataque.

Quem quase marcou o gol da virada foi o atacante Vinicius, que, aos 31, depois de receber a inversão de bola, dominou bem, invadiu a área e bateu colocado, buscando o ângulo esquerdo do goleiro adversário. A bola passou tirando tinta do travessão e por muito pouco não entrou.

O mesmo Vinicius ainda teve outra grande chance. Depois de cruzamento na área, a bola sobrou e, no rebote, ele bateu e viu o zagueiro do Caxias tirar a bola em cima da linha. Aos 40, foi a vez do meio-campo Gama, que bateu colocado e só não fez o seu gol e o da vitória da Serpente por conta do travessão.

A equipe do Cascavel ainda viu a bola bater no travessão depois da cobrança de falta de Robinho. E, no último lance do jogo, com William, que, depois de escanteio, também acertou a trave.

Apesar de criar várias chances de gol, a bola parecia não querer entrar. Fim de jogo: Caxias 1×1 Cascavel.

Com o resultado, o time do FC Cascavel segue na liderança do grupo 8 e mantém a invencibilidade no Brasileirão.

O próximo adversário da Serpente será a equipe do Marcílio Dias. A partida está marcada para sábado (28), às 15h, no Estádio Olímpico Regional Arnaldo Busatto