CORONAVÍRUS

Cascavel desativa cinco UTIs do Retaguarda

15 de abril de 2021 às 09:22
Publicidade

Diante do alívio de demanda percebido nos últimos dias, o Hospital de Retaguarda Allan Brame Pinho, de Cascavel, desativou cinco leitos de UTI adulto. Até a segunda-feira (12), a unidade contava com 30 leitos.

Com essa desativação, Cascavel deixa de ter 112 leitos de UTI exclusivos para tratamento de casos graves de covid-19 e passa a ter 107.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Cascavel informou que decidiu suspender esses leitos por questões técnicas, pois são necessárias adequações dos espaços. O Município aproveitou o momento que houve queda no número de internamentos para a intervenção.

Desde fevereiro, o HR funciona em sua capacidade máxima e agora começa a apresentar sinais de melhora. “Essa pressão zerou, não tem mais pacientes intubados com covid-19 nas UPAs”, afirma o diretor-geral do Hospital de Retaguarda, Lísias Tomé.

Segundo ele, esses leitos não deixarão de existir, pois suas estruturas serão mantidas no local. “Estamos reformando e, se for necessário, reativamos de novo”, garante.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE