Publicidade

POLÍTICA

Bueno mantém liderança e Renato passa Pacheco na primeira pesquisa de 2024

06 de fevereiro de 2024 às 08:11
Publicidade

Cascavel – Apesar de já estar se desenhando há mais de um ano, a última semana teve movimentos importantes na composição das eleições municipais de 2024 em Cascavel. Aos poucos, o cenário que será levado às urnas vai se concretizando, apesar de ainda existirem muitas pontas soltas nesse tabuleiro político.

Novamente, o jornal O Paraná sai na vanguarda e, em parceria com o Instituto SDS Pesquisas, traz a primeira sondagem de 2024, entre os eleitores de Cascavel, mostrando o possível quadro na corrida pela Prefeitura de Cascavel.

Na edição desta terça-feira (6), apresentamos os cenários espontâneos e o quadro comparativo com os dois estudos apresentados pela reportagem em 2023.

 

Cenário espontâneo

No cenário espontâneo, quando o entrevistado cita voluntariamente o nome do candidato em que pretende votar, o SDS Pesquisas fez a seguinte pergunta: “Se as eleições para prefeito fossem hoje, em quem você votaria?”.

O mais citado pelos eleitores foi o ex-prefeito Edgar Bueno, que aparece liderando com 10,48% dos votos. Em seguida aparece o vice-prefeito de Cascavel, Renato Silva, com 7,34% das intenções, seguido do deputado estadual Marcio Pacheco, que somou 5,66% dos votos. O quarto colocado nesse cenário é o deputado estadual Gugu Bueno, seguido do também deputado estadual Batatinha: ambos somam 3,01%. O presidente da Câmara de Cascavel,  vereador Alécio Espínola, aparece com 1,62%. O deputado estadual Professor Lemos tem 1,80%, enquanto o ex-vereador Paulo Porto e o empresário Enrique Mecabô, somam 1,44% cada.

 

Menos de 1%

A lista ainda segue com outros candidatos que não atingiram 1% das intenções. O vereador Romulo Quintino tem 0,96%, Valdinei Silva, presidente do FCC, e o ex-deputado federal Frangão aparecem com 0,72% cada. O também ex-deputado federal Evandro Roman, o ex-deputado estadual Adelino Ribeiro e a vereadora Professora Liliam somam 0,48% cada. Marcus Vinícius aparece com 0,24%. Já o ex-prefeiro Dr. Lísias, o ex-vereador Jorge Boca Santa, o secretário de Cultura Valter Parzianelo, o empresário Assis Gurgacz, o deputado federal Nelsinho Padovani e o ex-vereador Aldonir Cabral aparecem com 0,12% das intenções.

Neste cenário espontâneo, chama atenção  o número de entrevistados que não informou em quem votaria: 59,40% (clique na imagem para ampliar).

 

Compare a primeira pesquisa de 2024 com as sondagens realizadas sem 2023

Nos meses de março e setembro de 2023, o O Paraná/SDS apresentaram a primeira e segunda rodada das pesquisas eleitorais de Cascavel para 2024. Quando analisado o cenário espontâneo das pesquisas anteriores, é possível verificar trocas de posições de candidatos, em especial, entre o segundo e terceiro colocados. Inicialmente, vale ressaltar que em ambos os cenários espontâneos apresentados em 2023 não foram contabilizados os votos indecisos e aqueles que, por desconhecimento da impossibilidade da reeleição de Paranhos, citaram o atual prefeito.

 

Março/2023

Em março do ano passado, o ex-prefeito Edgar Bueno somava 21,94%, seguido pelo deputado estadual Márcio Pacheco, com 12,63%. O vice-prefeito Renato Silva somava 11,15%. Paulo Porto 6,89%, Romulo Quintino 5,04%, Batatinha 4,80%, Gugu Bueno 4,48%, Alécio Espínola 4,48%, Alfredo Kaefer 4,48%, Professor Lemos 4,07%, Evandro Roman 3,44%, Adelino Ribeiro 2,82%, Coronel Lee 2,19%, Henrique Mecabô 1,56% e Frangão 1,56%.

 

Setembro/2023

O estudo apresentado em setembro do ano passado, Edgar Bueno tinha 22,16% das intenções, Márcio Pacheco, 13,97%; Renato Silva, 12,31%; Batatinha, 10,83%; Alécio Espínola, 7,38%; Gugu Bueno, 5,91%; Paulo Porto, 5,91%; Romulo Quintino, 4,92%; Frangão, 3,94%; Adelino Ribeiro, 2,82%; Henrique Mecabô, 1,97%; Professor Lemos, 1,97%; Professora Liliam, 1,47%, Valdinei Silva, 1,47%. Outros nomes não haviam atingido 1% das intenções: Evandro Roman (0,98%); Valter Parcianello  (0,49%); Lísias de Araujo Tomé  e Nelsinho Padovani  (0,49%).

Em relação aos dois últimos dois estudos, Edgar Bueno manteve a liderança, no entanto, perdeu a ampla vantagem. O vice-prefeito Renato Silva ultrapassou o deputado estadual Marcio Pacheco. E quem encosta ao primeiro pelotão é o deputado Gugu Bueno. O deputado Batatinha perdeu uma posição em relação à última pesquisa.

 

Metodologia

A Pesquisa O Paraná/SDS está registrada sob o número PR-00590/2024. O estudo de opinião foi realizado no município de Cascavel nos dias 27, 28 e 29 de janeiro de 2024. Foram entrevistadas 830 pessoas. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, dentro de um intervalo de confiança de 95%.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE