Apresentação da CPI do Transporte Coletivo em Umuarama é adiada

O presidente da CPI, vereador Deybson Bitencourt requereu o adiamento da conclusão dos trabalhos por mais 30 dias

Conforme divulgado semana passada, estava agendada para quinta-feira (30), a conclusão os trabalhos da CPI do Transporte Coletivo, iniciada oficialmente no dia 24 de setembro com o propósito de analisar o contrato de concessão firmado entre Prefeitura Municipal de Umuarama e a empresa prestadora de serviços de transporte coletivo na cidade, Viação Umuarama Ltda.

Quando usar máscara de pano

Durante a sessão ordinária na última sexta-feira, (27), o presidente da CPI, vereador Deybson Bitencourt requereu o adiamento da conclusão dos trabalhos por mais 30 dias, afirmando que, apesar de o relatório estar concluído, é relevante aguardar a retomada das atividades habituais dos órgãos públicos, já que vários destes, como a Câmara Municipal de Umuarama, estão funcionando sem acesso ao público, tendo em vista as ações de precaução no combate ao coronavírus.

“Entendemos que é importante abrir a apresentação final dos trabalhos ao cidadão, e, por conta disso solicitamos o adiamento por mais 30 dias, no anseio de que até lá possamos fazer uma sessão aberta à comunidade com entidades tais quais clubes sociais, igrejas, sindicatos, entre outros. Queremos que a sociedade civil organizada possa acompanhar a conclusão deste trabalho técnico, uma vez que ele contou com audiências nas quais foram ouvidos agentes públicos e representantes da prestadora de serviços, resultando em um relatório amplo e detalhado. Será feito na forma de audiência pública, no período noturno, garantindo assim ainda maior participação popular”, acrescenta Deybson Bitencourt.

A CPI do Transporte Coletivo é composta pelo vereador Deybson Bitencourt como presidente, assim como Ana Novais (relatora) e Jones Vivi na condição de membros. O vereador Mateus Barreto fez o acompanhamento técnico como membro suplente.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

vinte − quinze =