Depois de largar em terceiro, o paranaense Ricardo Zonta assumiu a liderança ainda nas primeiras voltas e sobrou na pista. Em nenhum momento foi ameaçado, ao ponto de parar para o pit stop obrigatório, abastecer e trocar um pneu e voltar na liderança. O piloto de Curitiba, com passagem na Fórmula 1, venceu a Corrida do Milhão Solidária, disputada domingo, no Autódromo de Interlagos, e se sagrou bicampeão da famosa prova da Stock Car.

Com a vitória, Zonta assume a liderança do campeonato. Após três etapas, ele possui 82 pontos, contra 78 de César Ramos e 71 de Rubens Barrichello.

“Foi fantástico! Eu já larguei bem, só que cometi um erro na segunda volta, totalmente erro meu, mesmo. Mas o carro era tão bom, que toda volta eu estava chegando um pouquinho no César, e sobrou botão de ultrapassagem. Agradeço aos fãs pelo Fan Push, o carro estava fantástico. Depois do pit, com sete segundos na liderança, foi só administrar”, celebrou Zonta.

A próxima etapa da Stock Car será em setembro e anunciada em breve, tanto data quanto local. A Corrida do Milhão Solidário teve patrocínios de Rennova, Eurofarma, Banco BV e Nutriex.

Resultado da corrida do Milhão/10 primeiros

Pos.   Piloto         Carro/Equipe     Tempo

1º)     Ricardo Zonta      Corolla/RCM       25 voltas em 42m36s582

2º)     Cesar Ramos        Corolla/A.Mattheis        a 6s117

3º)     Denis Navarro      Cruze/Cavaleiro    a 9s755

4º)     Rubens Barrichello        Corolla/Full Time a 10s551

5º)     Ricardo Mauricio Cruze/RC    a 15s261

6º)     Thiago Camilo     Corolla/A.Mattheis        a 16s674

7º)     Guilherme Salas   Cruze/KTF a 16s971

8º)     Átila Abreu Corolla/Crown     a 17s540

9º)     Allam Khodair     Cruze/Blau  a 19s441

10º)   Julio Campos       Cruze/Crown        a 20s222

Classificação do campeonato/10 primeiros

Pos.   Piloto         Pontos

1º)     Ricardo Zonta      82

2º)     César Ramos        78

3º)     Rubens Barrichello        71

4º)     Ricardo Mauricio 54

5º)     Nelsinho Piquet    50

6º)     Allam Khodair     50

7º)     Thiago Camilo     46

8º)     Átila Abreu 44

9º)     Daniel Serra                   42