Atual campeão da classe A (15 a 17 anos) dos Jeps (Jogos Escolares do Paraná), o time de basquete masculino do Colégio Cristo Rei, de Cascavel, iniciou com vitória a participação na fase final da 66ª edição dos Jogos, ontem, em Foz do Iguaçu. E pelo placar do jogo, os comandados do professor Pedro de Almeida já deram mostras aos adversários que irão brigar novamente para serem os representantes do Estado na fase nacional da competição. Os cascavelenses venceram o time do Colégio Estadual Rodrigues Alves, da cidade de Jaguariaíva, por 128 a 12, nessa terça-feira (6).

“Treinamos muito. Todos os dias trabalhamos bastante para alcançar nossos objetivos, é por isso que o time busca marcar forte o adversário, independente de quem seja eu cobro da minha equipe intensidade sempre”, destacou o treinador cascavelense.

O professor também revelou como administra a ansiedade dos meninos que buscam o bicampeonato. “Sempre falo para eles que o título de 2018 já passou e que temos que focar na competição deste ano, que tem equipes qualificadas e que na próxima fase podem dificultar a conquista do ouro. Por isso é preciso estar preparado e pensar no agora. Sobre os Jeps, vejo como uma Copa do Mundo. São quatro fases: a regional, a macrorregional, a final, que estamos disputando agora, e a última e tão desejada que é a nacional, que é um sonho meu e de todos esses jovens participar e representar Cascavel”.

Veterano

O cestinha Vinícius Rabel, de 17 anos, participou da campanha vitoriosa nos Jeps 2018 e agora quer repetir o feito. “Ano passado foi muito bom ganhar o titulo, foi uma experiência muito boa. Neste ano nosso objetivo é ser campeão novamente e conquistar o bicampeonato, mas nossa equipe sabe que o favoritismo não vai ganhar as partidas que precisamos para chegar ao ouro, por isso não podemos deixar o que já passou subir à nossa cabeça”.