As visitas presenciais em unidades prisionais serão retomadas gradualmente no Paraná a partir deste sábado (6) após autorização dada por uma portaria publicada pelo Departamento Penitenciário (Depen). Não está permitida visita íntima.

A modalidade estava suspensa desde março do ano passado por conta da pandemia.

Veja, abaixo, como vai funcionar o cronograma.

Segundo o governo estadual, inicialmente o processo poderá ser feito apenas por meio de agendamento prévio. Também é obrigatório que tanto o visitante quanto o preso estejam com o esquema vacinal completo – com duas doses ou dose única.

Além disso, as visitas ficam permitidas somente para familiares que possuem credencial, com sempre uma pessoa por vez e por no máximo uma hora, alterando o visitante a cada fim de semana.

O agendamento deve ser feito por telefone ou por e-mail para evitar aglomerações. De acordo com o governo, os dias de visita serão restritos às sextas, sábados e domingos.

Durante todo o processo, serão exigidos os protocolos de combate à Covid, como uso obrigatório de máscara.

Quem não pode visitar

 

Conforme portaria, inicialmente fica proibida a visita presencial por parte de pessoas menores de 18 anos ou gestantes. Para este público, serão feitas visitas remotas pela internet duas vezes por mês.

Como vai funcionar

De acordo com o Depen, as visitas são definidas por fim de semana, da seguinte forma:

  • Primeira semana do mês: pai ou mãe;
  • Segunda semana do mês: apenas visitas virtuais;
  • Terceira semana do mês: companheiro ou cônjuge;
  • Quarta semana do mês: apenas visitas virtuais.

(G1 Paraná)