O Automóvel Clube de Toledo projeta uma série de melhorias no Autódromo Rafael Sperafico, que visam melhorar o conforto do público que acompanha as provas de arrancada, na pista da reta do autódromo, a única de 402 metros no Paraná.

Segundo Miguel Laste, presidente do Automóvel Clube de Toledo, a diretoria do clube está trabalhando para viabilizar recursos para a construção de banheiros, uma casa para o chacareiro, lanchonete e iluminação para viabilizar provas noturnas. “Estamos conversando com empresários, dirigentes, Secretaria de Esportes e com deputados para buscar recursos para estas obras. A diretoria está empenhada em melhorar o autódromo, neste primeiro momento com a arrancada, uma vez que a pista está homologada pela Federação Paranaense e pela CBA [Confederação Brasileira de Automobilismo]. Queremos em breve sediar competições nacionais”, acentua Miguel Laste.

Primeira prova

No próximo fim de semana será realizada a primeira prova do ano em Toledo. De sexta-feira a domingo, será disputada a competição que será válida pelo encerramento do Campeonato Paranaense de Arrancada de 201 Metros de 2020 e pela abertura da atual temporada.

Alexandre Rafael Pech, diretor do Automóvel Clube de Toledo e presidente da Apat (Associação de Pilotos de Arrancada de Toledo), está à frente da organização e adianta que há a previsão da participação de pilotos do Paraná, de Santa Catarina, do Rio Grande do Sul, de São Paulo e do Mato Grosso do Sul. Também são esperados competidores do Paraguai.

Foto:  Vanderley Soares