A Stock Car realiza neste fim de semana seu penúltimo encontro de 2020, no Autódromo Internacional de Goiânia Ayrton Senna, quando serão disputadas a 10ª e a 11ª etapa. A categoria chega a seus momentos decisivos com 11 diferentes vencedores e com muito equilíbrio. Na etapa anterior, em Curitiba, a Stock Car colocou nada menos que 21 carros dentro do mesmo segundo, em uma exibição que levou pilotos, carros e equipes ao limite.

As etapas de Goiânia serão realizadas nos dois formatos tradicionais: a décima etapa, amanhã, em rodada simples, e a 11ª, no domingo, em rodada dupla.

Depois de um fim de semana impecável em Curitiba, onde venceu duas das três provas, Thiago Camilo passou a liderar a tabela, com 222 pontos, seguido por Ricardo Zonta (198), Rubens Barrichello (196), Ricardo Maurício (193) e o até então líder Cesar Ramos, que está empatado com o tricampeão Daniel Serra (190). Com o descarte dos três piores resultados como manda o regulamento, a contagem passa a ser Camilo (212), Zonta (190), Serra (185), Barrichello (182), Ramos (180) e Maurício (177).

 

Instabilidade dos líderes

Em uma situação normal, a vantagem de 24 pontos (22 com descartes) de Thiago seria até confortável. Mas a realidade é outra: a Stock colocará em jogo 84 pontos em Goiânia, o que torna a sua dianteira bem menos tranquilizadora. Basta lembrar que, neste ano, Barrichello, que chegou a Cascavel na liderança, e Ramos, que era o ponteiro ao desembarcar em Curitiba, despencaram durante o fim de semana da liderança para o quinto e o sexto lugares na tabela, respectivamente.

Além disso, em 2019, na mesma Goiânia, o então líder Daniel Serra entrou na pista com 18 pontos de dianteira sobre Ricardo Maurício – e com apenas 54 pontos em disputa na ocasião. Ainda assim, Serra passou apertado: conseguiu um quarto e um décimo lugares e teve que enfrentar outros cinco pilotos na Super Final, que, como ele, chegaram com chances de título após a penúltima rodada em Goiânia.

 

Classificação da Stock Car após nove etapas

Pos.   Piloto                   Pontos

1º)     Thiago Camilo     222

2º)     Ricardo Zonta      198

3º)     Rubens Barrichello        196

4º)     Ricardo Maurício 193

5º)     César Ramos        190

6º)     Daniel Serra                   190

7º)     Gabriel Casagrande        175

8º)     Allam Khodair     157

9º)     Nelsinho Piquet    149

10º)   Diego Nunes        140

11º)   Júlio Campos       139

12º)   Rafael Suzuki       135

13º)   Guilherme Salas   134

14º)   Átila Abreu 131

15º)   Bruno Baptista     120

16º)   Cacá Bueno          109

17º)   Matías Rossi         107

18º)   Denis Navarro      102

19º)   Lucas Foresti        79

20º)   Galid Osman        77

21º)   Marcos Gomes     60

22º)   Pedro Cardoso     56

23º)   Gaetano di Mauro 52

24º)   Tuca Antoniazzi   33

25º)   Vitor Genz  11

26º)   Vitor Baptista       8

27º)   Felipe Lapenna     0

 

Rali Poeira

A cidade de Araçatuba, localizada na região noroeste do Estado de São Paulo, receberá nos dias 12 e 13 de dezembro, pela terceira vez, o Rali Poeira, prova válida para a etapa final dos Campeonatos Brasileiros de Rali Cross Country e Baja nas categorias Carros, Motos, Quadriciclos e UTVs, como também para categorias regionais. As inscrições podem ser feitas no site www.arenarally.com.br.

 

 

Ibiapina

Ibiapina Alfredinho Ibiapina (Orcali) disputa amanhã o Open do 55º Campeonato Brasileiro de Kart, que será disputado no Kartódromo Speed Park, em Birigui, interior de São Paulo. Ele vai competir na categoria Júnior Menor. Ibiapina espera repetir a atuação do ano passado, quando a competição foi disputada em Cascavel e conquistou o título da categoria Cadete.

 

 

Luigi Di Lazzaro

Campeão brasileiro em 2019 pela categoria Rotax Mini Max, o mineiro Luigi Di Lazzaro (Sicoob/Credivass/Anilag) foi um dos destaques da categoria Júnior Max no Campeonato Brasileiro Rotax deste ano, disputado no último sábado, no Kartódromo da Granja Viana, em Cotia (SP). Ele foi terceiro e quinto nas duas primeiras provas classificatórias, resultados que lhe deram o direito de largar em quarto na Pré-Final. Depois de acirradas disputas, conquistou o quarto lugar, posição de largada na Final. Novamente teve uma prova com muitas disputas e recebeu a bandeirada em quinto, sendo também o melhor estreante.