POLÍTICA

Servidores fazem manifestação e não descartam greve

23 de março de 2018 às 09:06
Publicidade

Céu Azul – Um grupo de servidores públicos municipais de Céu Azul se reuniu ontem às 17h em frente à prefeitura em uma manifestação pacífica pedindo o cumprimento de promessas que teriam sido feitas pelo prefeito Germano Bonamigo.

Entre os pedidos está o pagamento de vale alimentação. Segundo a presidente do Sindicato Municipal dos Servidores de Céu Azul, Daiany Portes Campos Silva, o prefeito teria se comprometido ainda no ano passado, com assinatura em ata, pelo pagamento do vale a partir da folha do mês de março. Os servidores tentavam reuniões com Bonamigo desde janeiro para definição de valores, mas este encontro não teria sido articulado. A situação se agravou com o descumprimento da promessa neste mês. Uma reunião estava agendada para ontem no mesmo horário do protesto, mas Daiany disse que horas antes o prefeito cancelou a agenda sob a justificativa que precisava estar naquele mesmo horário no Ministério Público.

Outro pedido feito pelos 500 servidores diz respeito a um posicionamento sobre o reajuste salarial. “Nossa data-base é março, estamos pedindo pelo menos a correção com a reposição da inflação, mas até agora não há posicionamento do Município sobre os percentuais. Queremos um espaço para negociar, conversar”, reforçou a presidente.

Ainda de acordo com o sindicato, se as negociações não prosperarem, o funcionalismo público promete se reuniu para discutir uma paralisação. Uma greve também não está descartada.

O prefeito foi procurado pela reportagem, mas no gabinete a informação era de que ele não estava no Paço no fim da tarde de ontem. Já a secretária Municipal de Administração, Caroline Pasquetti, disse à reportagem que “o prefeito está estudando o que pode ser feito” com relação ao impacto financeiro das reivindicações. Quanto ao pagamento do vale, a secretária reforçou que houve um compromisso com o funcionalismo, mas “que a parte orçamentária precisa ser analisada” e exemplo do reajuste. “É importante lembrar que no ano passado os servidores de Céu Azul tiveram um ganho real de 2,25%, além da inflação. A data-base foi em março e a inflação acumulada foi de 5,39% no período. O prefeito concedeu 7,65% de aumento”, afirmou.

Ainda de acordo com a secretária, o ajuste de agendas sobre a reunião de ontem estava sendo tratado com o jurídico do sindicato há alguns dias e que um novo encontro foi remarcado para as 14h da próxima quarta-feira, tanto para tratar sobre o pagamento do vale alimentação, quanto para o reajuste. “Por este motivo nem entendemos porque desta manifestação”, reforçou.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE